Amiga Minha


Há pouco mais de um ano eu orbitava pelo ciberespaço, sem gravidade, quando passei pelo Mothern. Gostei, encantei-me até, mas deixei uma mensagem e continuei solta e sozinha nesse mundão novo sem porteira. Foi ela quem fez contato. Foi ela que me trouxe. Foi através dela, daquele primeiro toque, que eu descobri a via-láctea completa. E então tudo ficou ainda maior, mais bonito e solidário.
Foi a melancolia que nos uniu, mas é a alegria que nos alimenta e motiva. A gente ainda não se olhou nos olhos. A gente ainda não se abraçou. Mas ela já está confortavelmente instalada no meu coração. Fique à vontade, Fefê. A casa é sua.
Ah, e tenha aniversário muito, muito feliz.

Helena Costa

3:39 PM

Anúncios

Nobreza Brau

Nobreza Brau

Preta chique, essa preta é bem linda
Essa preta é muito fina
Essa preta é toda a glória do brau
Preta preta, essa preta é correta
Essa preta é mesmo preta
E é democrata social racial
Ela é modal
Tem um gol que ela mesma comprou
Com o dinheiro que juntou
Ensinando português no Central
Salvador, isso é só Salvador
Sua suja Salvador
E ela nunca furou um sinal
Isso é legal
E eu e eu e eu e eu e eu e eu e eu e eu e eu e eu
E eu e eu e eu e eu e eu e eu e eu sem ela
Nobreza brau
Preta sã, ela é filha de lansã
Ela é muito cidadã
Ela tem trabalho e tem carnaval
Elegante, ela é muito elegante
Ela é super elegante
Roupa Europa e pixaim Senegal
Transcendental
Liberdade, bairro da Liberdade
Palavra da liberdade
Ela é Neide Candolina total
E a cidade, a baía da cidade
A porcaria da cidade
Tem que reverter o quadro atual
Pra lhe ser igual
E eu e eu e eu e eu e eu e eu e eu e eu e eu
E eu e eu e eu e eu e eu e eu e eu sem ela
Nobreza brau!

(Homenagem a Laura, com uma pequena ajuda do Caetano Veloso)

2:02 PM

Ela merece

24 Junho, 2004

Ela é corajosa, ousada, não tem medo de mudar.
É uma mãe tão transbordante que precisou dividir sua experiência, e acabou multiplicando amor.
Ela fala pouco, mas quando se manifesta encerra o caso.
Ela escreve bem pacas.
Ela é linda e tem um senso de humor delicioso.
Ela tem o botequim mais bem frequentado e bacana da internet.
Ela é daquelas que olham no olho e dizem o que tem que ser dito.
Ela é daquelas que te dão um sorriso que é um abraço.
É daquelas que prestam a mesma atenção ao que diz uma criança de 3 anos e uma professora do mestrado – se valer a pena, claro.
É daquelas que não é óbvia em nada.
Daquelas capazes de te fazer rir e chorar – e você adora, em ambos os casos.
Ela é daquelas.
Ela é das nossas (graças a Deus!).

Feliz aniversário, Laura.

Las Dos Fridas

2:01 PM

%d bloggers like this: