Coração partido

Eu não gosto de ficar falando, não, porque eu amo demais a minha cidade – tanto quanto amaria uma pessoa da família – e falar nesse assunto me faz sofrer tanto quanto uma doença terminal de um parente.
Mas é que agora não é caso de se recusar a virar refém de bandido. Nós JÁ SOMOS reféns de bandidos.

|-| Monix |-|

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: