Por que existe o Mal?

A pergunta é milenar. Nesses tempos bicudos, tem sido feita com muita freqüência.
E por que será que ultimamente nós, das hordas do Bem (cópirráite: Ângela F.), ficamos sempre com a impresão de que o mal está triunfando? A resposta mais simples e mais completa quem deu foi a Ju: “porque o mal está apartado, negado, reprimido. Está sobrepujando, porque não está integrado a nós, compreendido, equilibrado, como deveria. Cada vez que alguém coloca o Mal fora de si mesmo, ele ganha força. É o que o Jung personificou como a Sombra, na psique. Quanto mais ela é negada e projetada no outro, mais mal nos causa.”

E a genial Dani rebateu com maestria: “quanto mais se cria uma cultura dicotomizada e um tanto asséptica de valorizar histericamente apenas ‘o limpo, o moral, o bom’, esquecendo que somos também fome, desejo, excremento e sombra, quanto mais se reprime (e aí eu penso direto na educação que damos às crianças) qualquer movimento genuíno de raiva, mais vai ser preciso que essa energia ache uma ‘válvula de escape’.”

Legal conhecer tanta gente fina, não é não?

|Monix|

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: