Com a palavra, Petita

Gente, sou só eu ou tem alguém mais que ache estranho, muito estranho, a polícia, em princípio a principal “law-enforcer”, carregar bandido sentado em mala de carro, sem cinto, desobedecendo a toda e qualquer norma do DETRAN?!?!?
Pode ser por eu ser portuguesa, mas se o objetivo é humilhar, diminuir, não haveria maneira de fazê-lo sem ir contra a lei? (se é que isso já não é contra a lei, mas isso são outros quinhentos)… E se o objetivo não for esse, por que não colocar o ser humano, por mais bandido que seja, sentadinho no banco de trás, obedecendo à lei do trânsito, e não como bagagem, que não é? Até porque mala nem sempre é bagagem, como tão bem sabemos…
Isto já sem falar na proibição de andar com o braço pra fora do carro, coisa que não se aplica ao agente da lei, que não só bota o braço como também bota a extensão do braço (do braço? do pinto?) – fuzis, canhões, metralhadoras – arejando do lado de fora da viatura.
Se não for pra entender, podem me mandar calar a boca.
🙂

Monix, abrindo a caixa de entrada para comentários

Anúncios
%d bloggers like this: