A Realidade como Subversão

Acho que devemos deixar que vençam. Deixemos que os vilões ganhem as realidades irreais. Se querem televisão, os grandes jornais ou mesmo a web, que os levem. Eles construíram um universo alternativo que tem muito pouca conexão com o que está acontecendo de fato por aqui. E este sonho baseado no mercado, competitivo, realidade enquanto propaganda os engoliu. Eles são vítimas de suas próprias ilusões. Nós não precisamos ser.
Nós podemos assumir a realidade real que eles esqueceram; o mundo em que vivemos. Os jardins e as ruas e os dedos e as línguas. Vamos construir pistas para bicicletas, fazer churrascos, bolar programas para que as crianças freqüentem depois das aulas, arranjar lugares para tocar música e montar grupos de apoio e prevenção de Aids. Eles estão tão ocupados com o monitoramento do que é transmitido em busca de sinais de traição contra o mercado ou contra o Estado que perderam contato com o que está acontecendo entre as pessoas de verdade. Desligue o celular e converse com o cara que está sentado ao seu lado no ônibus. É a coisa mais subversiva que pode fazer.

Tem mais aqui. A indicação e a tradução foram do Pedro Doria.

– Monix –

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: