Com a palavra, Marina W:

Chama o ladrão, chama o ladrão Ontem eu fui ao centro da cidade e assim que cheguei na Primeiro de Março vi um cara correndo, fugindo de um assalto que tinha acabado de cometer. Ele corria em S e pulava os obstáculos que haviam pela frente. Era um homem mulato, um pobre coitado, que roubou um celular. Dois policiais conseguiram pegá-lo e uma multidão ficou em volta, gritando: mata, bate, espanca, tem mais é que matar, dá uma surra, acaba com ele, chuta, lincha, mata, mata esse cara. Eu tb entrei na roda e vi o homem acuado, sentado no chão. E comecei a gritar tb, “Não bate nele! Não bate nele!”. Fui mal recebida, um sujeito do meu lado falou “Se fosse seu celular eu queria ver”. Um outro disse: “Se tivesse roubado o meu, de mil reais, eu mesmo fazia questão de matar”.

Se fosse um assassino, um desses caras cruéis que andam por aí, eu ficaria na minha. Eu não gritaria mata, mas no fundo ia querer que ele morresse. Mas dava pra notar que era um cara, apenas um cara, e nem era jovem. Por que ele roubou aquele celular? Pra comer? Pra alimentar sua família? Pra comprar drogas? Não sei. Se fosse o meu telefone com certeza eu ficaria furiosa sim. Mas eu não gostaria que espancassem o ladrão. Eu gostaria que ele fosse levado à delegacia e fosse preso e ficasse na cadeia o tempo previsto pra quem pratica um crime que, se comparado com tantos que acontecem diariamente, não é dos mais terríveis.

É certo que existem pessoas que torcem pela desgraça alheia, mas acredito que, mesmo inconscientemente, aquela gente não estava querendo matar aquele homem. Me parece bem óbvio que ele era apenas a representação de uma coisa que ninguém suporta mais: nossa insegurança diária; o descaso do governo com a nossa nossa cidade.

Marina W

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: