Tô voltando

Passei uma semana fora de casa, longe da filha, out of ciberspace, sem a blogosfera e o Dufas. Na volta, quase tudo esperando ser feito, lido, resolvido, escrito e eu ainda tendo que despressurizar, porque estava em outra freqüência. Portanto, aguardem, que eu tô voltando aos poucos. Por ora, vejam só o que eu encontrei:


Viver sem TV
Inspirado em uma iniciativa norte-americana chamada TV-Turnoff Network, foi criado o projeto Desligue a TV. A idéia é simples: todas as pessoas têm o poder de determinar que papel a televisão terá em suas vidas. Ou seja: em vez de apenas reclamar e esperar uma programação melhor, por que não desligar a televisão e viver a vida ao vivo?

Uma das iniciativas do projeto é a organização da Semana do Desligue a TV, que já acontece desde 1995 nos Estados Unidos e em 2005 contou com a adesão de mais de oito milhões de pessoas nos 50 estados norte-americanos.

Trata-se de um esforço concentrado e organizado de várias entidades para que, durante uma semana do ano, as pessoas não liguem as televisões de suas casas, optando por participar de atividades sociais com a família e a comunidade. Para isso, são oferecidos vários programas, como parques com shows e atividades esportivas, cinemas e teatros com promoções e horários alternativos, museus com programação e preços especiais, festivais de música e poesia, além de educadores falando sobre o tema, reaprendendo e ensinando a ver televisão de uma maneira mais crítica. (…)

Atualmente, os trabalhos estão voltados para a preparação da primeira Semana do Desligue a TV no Brasil, que acontece de 24 a 30 de abril de 2006. ”

A matéria, da Marina Hansen, eu li no site da Rets, Revista do Terceiro Setor. Não tive tempo de entrar no site do projetoDesligue a TV, mas idéia pareceu-me tão valiosa que está aqui, para quem quiser saber mais.
Ah, e que fique claro que não vai aqui nenhum preconceito elitista-pseudo-intelectual contra a televisão, que foi minha primeira babá e ainda hoje me distrai, acompanha e ensina. Mas também sou alguém que procura mais horas no seu dia e suspeita que há algo errado em primeiro ligar e depois pensar no que vai ver.

Helena Costa

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: