Neurolinguística

Talvez pra contrabalançar esse lado paz-e-amor do post aí debaixo, acabo de me lembrar de uma coisa que já devia ter contado aqui no blog há um tempão. Lembram da ditadura do limão? Pois é, a genialíssima Flávia, numa das vezes que fui a São Paulo, me deu uma solução maravilhosa e super eficiente – já foi amplamente testada, por diversas pessoas, e nunca falhou. É assim: em vez de pedir uma Coca “sem limão”, peça uma Coca “só com gelo”. Diz a Flá que é uma questão de neurolíngüistica: a gente diz a palavra limão e o garçom só retém essa informação, limão, limão, pronto, contaminou minha Coca-Cola.

Podem testar, la garantía soy yo.

Monix, que jura que tem bebido só uma Cocaláite por semana, mas não pode deixar de compartilhar a dica com os amigos

Anúncios

Minhas naturebices preferidas

Pães integrais, shitakes e shimejis refogados na manteiga, com shoyu, missoshiro, tomates cereja, crus, fritos ou assados, com alho, uma boa salada verde, bem cheia de folhas, qualquer coisa com manjericão fresco, frutas tropicais, suculentas, tipo manga, a mais sensual de todas, torta de banana integral, batata baroa em qualquer apresentação, sopas cremosas.

Estão vendo, bando de incréus? Existe vida além do chocolate.

-Monix-

Um homem jamais entenderá a plenitude de feminilidade que é passar batom se olhando no espelho retrovisor interno.

-Monix-

%d bloggers like this: