Com atraso, mas ainda na validade

A respeito da discussão sobre televisãoprovocada pela velhinha que faz justiça com as próprias mãos ao som do Rei: quem tem acesso à tv a cabo não está com a vida ganha não, gente. Porque é necessário acompanhar, estar atento – mesmo o canal educativo, mesmo nos horários supostamente apropriados. A caixinha de luz e som desempenha bem o papel de babá e quebra um galhão para nós adultos, que nem sempre estamos tão disponíveis quanto as crianças esperam. Resistir à essa oferta tão fácil e sedutora é batalha árdua e diária, que a gente não ganha sempre.

Mas o desafio ainda maior é tirar da tv a primazia de ser o lazer mais importante da família brasileira. Se a discussão fica entre tv a cabo ou aberta, a televisão continua ganhando, percebem? O desafio é criar alternativas à televisão, fazer dela uma opção entre outras – e isso vale pra todo mundo de todas as classes (claro que para os mais pobres o leque de opções é menor, mas onde é que eles têm vantagem ?) Mais: isso vale para todas as faixas etárias, nosotros incluídos. Porque quando chamo essa mudança de hábito de desafio estou falando antes de mais nada de mim mesma, cria legítima de uma geração tvdependente.

Helê, depois de três felizes dias em Lumiar, sem televisão

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: