Mulher solteira se acha

Faz pouco mais de um ano que me separei. Desde os meus 16 anos tive namorado(s) e marido. Apesar disso, nunca acreditei em relacionamentos que não deixassem espaço para as individualidades. No dia-a-dia, isso significava amigos diferentes (homens ou mulheres, isso não tem a menor importância), vida social própria, (muito bem-vindos) momentos de solidão em casa, enfim, coisas que deveriam ter me preparado para viver muito bem sozinha. De fato vivo bem sozinha, mas não sabia que seria tão difícil me definir como solteira. Até pouquíssimo tempo atrás, ao olhar para mim mesma, não era isso que eu via. Ao escutar uma história sobre triângulos amorosos, eu me identificava com a mulher casada. Isso diz muito sobre o que se passava na minha cabeça e no meu coração. Aos poucos, começo a perceber que essa situação está mudando. Ainda não sei bem como é essa tal “vida de solteira” (e nada disso tem a ver com o fato de eu ter um filho – uma coisa é uma coisa, outra coisa, etc e tal). Mas começo a sentir o cheiro da liberdade (no sentido mais amplo que a palavra possa ter), e não posso dizer que não estou gostando. :-)

-Monix-

Trilha sonora do post: Tema do Solteiro

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: