Ainda a quinta

7 de agosto de 2006

La Outra postou as fotos do encontro, publicamos aqui uma resenha da noite memorável e agora a trilha sonora rola no Dufas Dial, aguardando audições e comentários, lá ou cá. Mas ainda é preciso dizer que:
– O Alex Castro é uma figura: divertido, afiado, loquaz e polêmico. Assim como o blogue dele, só que mais suave (embora seja uma leitora bissexta, confesso).
– A Marina W. também guarda semelhanças imensas com seus posts: elegante, inteligente e muito bem-humorada – de um humor nada óbvio, mas sutil e freqüente.
– Marina e Alex sentados lado a lado formaram a dupla mais interessante da noite.
– Se bem que o casal da noite era formado pela Ana e pelo Idelber, sem dúvida. Ela, linda, com uns olhos inacreditáveis, misturando simpatia e mistério na dose exata pra encantar a todos. Ele, o cicerone perfeito, o companheiro atento a deixar brilhar a protagonista da noite e alguém que cumpre tudo o que promete no blogue: conhecimento sem arrogância, fineza sem afetação, generosidade genuína e um jeito quase carioca de estar e deixar à vontade quem está perto, como estivéssemos sempre estado juntos.
Ah, esse povo de Minas, sempre a nos encantar…
Helê

PS: Depois desse evento Las Fridas conheceram dois dos 15 top sexy blogueiros; só faltam 13, hohohoho!

PS: Se você não conhece ninguém citado nesse texto nem se interessa, mesmo assim não deixe de passar no Dufas Dial. Afinal, as canções são sobre Ciúme, e quem nunca sentiu (ou nunca foi alvo de), que atire a primeira etc.

Anúncios

Belmonte

Conforme prometido, temos fotos do encontro blogueiro da semana passada… digo, do lançamento do livro da Ana Maria. Que, por um mero acaso, acabou em chope no Belmonte. 🙂
Confiram aqui.

-Monix-

Receita para dançar sem parar após os 35 anos

Ingredientes:
1 babá quase perfeita
1 carona de ida e volta
4 ou 5 taças de prosecco
água à vontade

Modo de fazer:
Poupe suas energias ao longo do dia, chamando a babá de manhã e deixando-a brincar com seu filho de 4 anos recém-completados. (Ele não vai gastar nem um dia a mais de análise porque a mamãe passou um sábado lendo na cama – talvez alguns dias a menos.) Vá de carona com o casal mais animadoda festa, e assim garanta que será a primeira a chegar e a última a ir embora. Beba o prosecco todo de uma vez, antes de começar a música-pra-dançar. Vá pra pista. Pare a cada 5 ou 6 músicas e beba um copo d’água. Vá bastante ao banheiro, por motivos óbvios. Prepare-se para encarar o day after com dignidade.

Rendimento: 5 horas sem sair da pista

-Monix-

Update depois da Fefê: a trilha sonora desse post já passou por aqui. Se ela dança, eu danço…

%d bloggers like this: