Outubro 27, 2006

Outubro 27, 2006

Pessoa2 – Lendo a conversa da Frida sobre o padre lindão, lembrei de uma historia bizonha q soube dias desses…

Um certo alguém, amigo do amigo, que é gay, tá namorando um cara. Até aí, belê. Só q o namorado dele é italiano, boniton… e… padre. Olha q legal?

Cerumana2: Que história cômica… O cara ainda é padre ou largou a batina?

Pessoa2: Que largou o quê mizinfin… Tá la de batina ainda, na Itália. Feliz e contente. E o outro, aqui do outro lado, igualmente feliz e contente pq… tanã… ele conseguiu um emprego em uma paróquia… E o pior é q o amigo do amigo trabalha na paróquia com um padre q sabe da história e não pode falar porque…. porque…. porque… ele tb é gay e tb tem um causo

Cerumana2: hahaahahahahha! Shame and scandal in the paróquia!

Pessoa2: Entonces, minha nega, relaxa, vc, a outra Frida e todos, ninguém vai pro inferno não… já tá lotado.

La Otra Frida

Anúncios

Outubro 04, 2006

Agora, a Zel tem a palavra:
tenho e sempre tive sonhos de viver num país do qual possa me orgulhar, além de amar (e eu amo). vejo hoje um país melhor que há 10 anos; e é também melhor hoje que há 5 anos. apesar dos pesares acho que vai melhorar mais ainda, desde que cada um faça sua parte, mas isso leva muito tempo, deve ser medido em dezenas de anos. qualquer um que estudou um pouco de história devia se tocar disso. depois de tantos anos de ditadura, opressão, falta de informação e formação de consciência política, demora pras pessoas perceberem que política não se faz com panfletos e partidos somente, que cidadãos são imprescindíveis. hoje somos apenas votadores e reclamadores de botequim; os cidadãos estão se formando ainda, nascendo, por nascer. talvez o dia em que o brasil for um país realmente de dar orgulho eu já não esteja mais aqui. não faz mal: estou fazendo a minha parte.

Tem mais, o post é grande e muito bom. Recomendo a leitura.

-Monix-

%d bloggers like this: