Meme musical

Janeiro 08, 2007

1. Qual o primeiro CD que você lembra de ter comprado na vida? E o último?
Não me lembro qual foi o primeiro que eu comprei, eu mesma, propriamente dita. Mas sei que o primeiro CD player lá de casa chegou em 1988, quando meu pai voltou de uma viagem de trabalho a Nova York. Junto, veio o “Nothing Like the Sun”, do Sting. Eu nem era muito fã, mas talvez o primeiro CD a gente nunca esqueça. O último, por incrível que pareça, é mais difícil. Acho que foi “Vivid”, do Living Colour, que comprei na Beringela, um sebo super legal aqui no Centro do Rio.

2. Existe algum artista do qual você tenha a coleção completa de tudo o que ele tenha lançado?
Titãs, antes de virarem Titias. Ou seja, do “Titãs” (1984) ao “Domingo” (1996). Ainda cheguei a ganhar o “Volume Dois” (1998), mas, sinceramente, desisti dos caras.

3. Existe algum disco, CD ou LP que você gostaria muito de ter e até hoje não conseguiu comprar?
Eu gostaria de ter “Música Serve pra Isso” (1990), dos Mulheres Negras. Uma vez consegui entrar em contato com o Maurício Pereira, que muito gentilmente me informou que os discos da “terceira menor big band do mundo” foram relançados em CD pela Warner em 2002, mas estão esgotados. Uma pena, queria ouvir de novo “Só Tetele”, uma música tão engraçada que 15 anos depois ainda lembro.

4. Qual sua lembrança mais interessante de uma música em particular?
Existe uma música da Angela Ro Ro, que, se não me engano, chama-se “Mônica”.* A adolescente Mônica Granuzzo tinha 14 anos, a mesma idade que eu na época, quando foi encontrada morta. Ela freqüentava a mesma “danceteria” que eu (é, pessoal, eu sou do tempo da danceteria), e sua morte teve uma repercussão fortíssima, pelo menos aqui no Rio. Só muitos anos depois conheci a música composta em homenagem a ela, mas nunca consegui escutar sem me emocionar e chorar.

5. Alguma música mudou efetivamente sua vida?

Acho que não. Mas, pensando bem, se não lembro é porque a resposta deve ser não mesmo.

É pra passar adiante, Marcos? Então tá. Como acho que você escolheu a Frida errada, passo para minha sócia Helena, que é muito mais ligada em música que eu. E também para o Fernando, que vai demorar cinco meses para responder; para aBeth S, que sabe das coisas de música; e para a Fabi, que ressurgiu das cinzas e está escrevendo lindamente.

-Monix-

* O nome é esse mesmo. Procurei no Emule e não achei.

Egometafísica

Janeiro 08, 2007

Colado em carro estacionado em Botafogo, Rio de Janeiro: “Deus deu a vida. Para que cada um cuide da sua.”
Deve ser da Igreja do Salve-se Quem Puder dos Últimos Dias.

-Monix-

%d bloggers like this: