Cleptopost

Fevereiro 28, 2007

 

Olha que bacana isso que a Cláudia escreveu:

axé
[Do ior.] Bras. / Substantivo masculino.
1.Rel. Entre os iorubas, o poder vital, a força, a energia de cada ser e de cada coisa.
(…)
Interjeição:
4.Expressa votos de felicidade.
5.Queira Deus; que assim seja.

Alguma coisa sempre começa depois de algum carnaval. Um projeto, uma conta, uma tese, um estudo, uma paixão, um amor, um ciclo. Por isso e somente por isso, quando o carnaval vai embora na suave cadência do samba, o ano coloca o pé no mundo; às vezes, os dois. Com o (pé) direito, ele ensaia as matizes do que pretende ser e aquela lista de intenções [parar de fumar, emagrecer, comprar consumir um desejo] só começa a valer aqui e agora com os tamborins ao longe e o batuque muito perto. Agora é chegada a hora de parir o ano gingando, com arrasta-pé, ziriguidum, jogando capoeira, as cascas pra lá, sacudindo a pasmaceira.

Simbora pegar o pandeiro que agora é que o samba começa.
Simbora que a vida promete até pra quem nunca tropeça.

 

Então, axé pra você, pra mim, pra quem mais vier.

Parafraseando a Fal, axé nós tudim!

*
(…)
Acha o irmão babaca.
Se interessa por fotos de mulheres peladas.
Pede pra ficar em casa sozinho.
Me acha velha aos trinta e um.
Está apaixonado novamente por uma gorota.

 

É isso. Estou com um adolescente de sete anos em casa.

Post da Manu no recém-descoberto por mim “Mãe é nóia“.

*
Eu achei tão maravilhosa quando vi na casa da Beth que não resisti:

Helê

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: