Meu herói

Junho 14, 2007



Eu gostei demais do post de amor ao Zorro que a sócia escreveu. Embora tenha pensado bastante nisso, não consegui eleger um herói da minha preferência, entre tantos que eu gosto, como Hulk do David Benner ou a Mulher Gato – que era vilã, eu sei, mas vai dizer que você não queria aquele corpo naquela roupa?

Bom, como eu dizia, não consegui me decidir, mas se tem um herói contemporâneo que eu adoro é o Shrek. Tá, eu sei que vai parecer corporativismo de gordo, mas é mais que isso. Depois de ver o terceiro filme da série, quase tão eufórica quanto a minha filha, fiquei pensando uma atitude que é típica do Shrek: ele é o herói que recusa o poder. O cara que pode ser o tal, mas diz não, obrigada, tô bem aqui no meu pântano. Ele faz todo o percurso do herói, resgata a princesa, livra-se do vilão, faz e salva amigos e na hora de sentar no trono ele não o  faz – não porque não pode, ou não consegue, ou não mereça: simplesmente não quer, e tem sobre isso uma clareza inabalável. Então vamos combinar que, pelo menos por ora, o meu herói perfeito é o imperfeito Shrek, o cara que só poderia dizer, ao fim de tudo, ‘Thank you for let me be myself’.

Helê

%d bloggers like this: