Mengue

Outubro 22, 2007

Enviado pelo Christian, que andava sumido…
Helê

Respeitável público

Segunda-feira, Outubro 22, 2007

Gente, vocês foram ótimos atendendo aos apelos do nosso sempre apelativo jabá-mail e deixando várias pegadas aqui. Ganhamos 10, nota 10! em alguns posts, como o do Cristo (ou seria da Crista? Abafa); bombamos em outros, como o currículo de viagem de Mmme. Monix e aumentamos bastante nossa média e nosso CF. Acho que vamos passar de ano!
***
Claro que há os fregueses de caderno aqui da vendinha, a quem não precisamos pedir audiência, só agradecer todo dia, aqui e no travesseiro, na hora de dormir: “Obrigada, Senhor, por me dar leitoras como a Ana Paula, a Vera, a ::Fer::, leitores como Claudio Luiz, o Zé, o Giba…” Da próxima vez que estiver sentindo falta de comentários vou mudar a tática e fazer chamada, que tem uns e outras que continuam ou sumidos ou na toca….
***
Mas valeu o jabá só pra fazer a Sam vir aqui dizer que o Dufas é um confort blog. Comovi. Gracias, linda.
***
Você não sabe o que é o jabá-mail? É um e-mail de periodicidade indefinidíssima que enviamos avisando dos últimos posts – uma maneira muderna de pedir atenção também, vai, eu admito. É o nosso RSS, enquanto a gente ainda não pode instalar um. Querendo receber, avisa aqui nos comentários e deixa seu e-mail, tá?
***
Dona Moniquis me disse que tá ótema, adorando a viagem, daqui a pouco tá de volta, viu? Comportam-se. Ou não.

Helê Caê

Inaugurando a nova série: Bis é Bão! Campanha Namore uma Mãe Solteira

Outubro 22, 2007

Bis é Bão!

Diretrizes básicas:
1) Nós não temos pressa de casar, porque já temos filho
2) Nós não temos pressa de ter filho, porque já temos filho
3) Nós não temos tempo de grudar no seu pé, porque já temos filho
4) Se você quiser ter um filho, tudo bem, porque já temos filho
5) Se você não quiser ter filho, tudo bem também, porque nós já temos filho

Monix, aderindo à campanha
Originalmente postado em Terça-feira, Agosto 16, 2005

Atualização: nós continuamos firme na campanha, inclusive com maior embasamento – se é que vocês me entendem. ;-)
Este post é dedicado à toda mãe solteira (divorciada, separada, independente e similares), por quem nós temos especial admiração.
Helê

%d bloggers like this: