Calos

Terça-feira, Outubro 23, 2007


Tem coisa pior do que alguém que desqualifica um problema seu? Aquela pessoa que, às vezes até bem intencionada, diz: “não é tão grave”, “não é pra tanto”, “não precisa ficar assim”. Como se o outro pudesse saber como você se sente. Mais: como se pudesse dizer como você deveria se sentir. Não, não estou defendendo concordância cega. Mas o que se espera que seja irrestrita é uma certa solidariedade, o sentimento de compaixão, o sentir com o outro. Porque afinal, cada um sabe onde lhe aperta o calo. Se você não puder fazer uma massagem, ao menos não pise nele. Nem diga que ele não dói – você não tem como saber.

Helê

Anúncios

Uma resposta

  1. […] Quando envelhecer é um privilégio Memória: como funciona? Legião Ost Feitiço de Áquila Como seria, se fosse? Diz-me com quem andas Calos […]

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: