Quarta-feira, Dezembro 05, 2007


Mais uma do Milton Ribeiro, dessa vez um conto bem bacana, que me fez pensar no seguinte: realmente, essa brincadeirinha de “what if” perde toda a graça quando a gente tem filho(s). Eu sempre achei divertido imaginar como teria sido minha vida se em vez de tomar uma decisão – por insignificante que pareça – lá atrás, tivesse ido por outro caminho… Mas hoje fica difícil brincar assim, porque qualquer uma dessas decisões diferentes provavelmente teria levado a uma cadeia de fatos que não incluiria o nascimento do meu filho. E aí perde completamente a graça.
Ser mãe muda tudo mesmo.

-Monix-

Anúncios
%d bloggers like this: