Mais ou menos retrospectiva

Segunda-feira, Dezembro 31, 2007

Terapia & academia. Mengão & Maraca. Capoeira. Carnaval. House. Harry Potter.
O clima da cidade durante o Pan. Praia. Show do Lenine e da Beth Carvalho, no Circo Voador.
Amy Winehouse. Achei que Meu Pai Fosse Deus – E Outras Histórias Verdadeiras da Vida Americana, do Paul Auster. Little Miss Sunshine.
O melhor: amigos – antigos, familiares, digitais, virtuais, do trabalho, recentes, da Panela, da Egrégora, amigans.
Porque, parafraseando Coríntios (ô pretensão!), ainda que eu falasse a língua dos anjos, e falasse a língua dos homens, sem amigos eu nada seria (e não é que, pensando bem, amigo é só outra maneira de escrever amor?).

Um bestófi descomprometido dos meus posts:

Quando envelhecer é um privilégio
Memória: como funciona?
Legião Ost
Feitiço de Áquila
Como seria, se fosse?
Diz-me com quem andas
Calos

Helê

Anúncios

De passagem

Segunda-feira, Dezembro 31, 2007

Essa foi dita ali, no quartinho dos comentários, mas merece vir aqui para sala de estar:

Como bem disse um amigo meu aqui:
PEDE PRA SAIR, 2007!!!

Sensacional, Naty. Que 2008 seja melhor, muito melhor, pra nós tuda.

*
Cara, vi numa loja on line o cd “Natal todo dia – Roupa nova”. É presente pra inimigo, nénão?

*
Ano novo, casa nova. Aguardem-nos.

Helê

%d bloggers like this: