Quinta-feira, Março 13, 2008

Só quem tem 15 anos pode se dar ao luxo de desprezar maquiagem, ignorar as tendências da moda, ser meio desligada na hora de usar os cremes certos e desencanada com o cabelo. Mas quem tem 15 anos se preocupa demais com essas coisas, acha que a pele está péssima, que o cabelo nunca vai tomar jeito. Quem tem 15 anos se sente gordíssima, estando ou não acima do peso – quase sempre não.
Aí o tempo vai passando e a pessoa precisa começar a investir um pouco mais em cremes, senão a pele vira lixa. E tratar do cabelo se transforma em missão e não tarefa: hidratação, tonalização, escova progressiva, alisamento, chapinha. Sem falar na manicure semanal, pedicure (afinal, as sandálias cada vez mostram mais os pés), depilação em diversas partes do corpo, o que leva à necessidade de esfoliação, ou seja, mais cremes. A dieta à base de pão de queijo e milk-shake tem que ser abandonada drasticamente, sob pena de se transformar na tão temida Grande Baleia Branca. Pois é, caras amigas (e caros amigos): o tal viço da juventude é um fato; a marcha do tempo é inexorável.
Mas no dia que eu aplicar o primeiro Botox, podem me internar no asilo (ou no hospicio).

-Monix-

Anúncios
%d bloggers like this: