Abril 29, 2008

Da série “Os melhores leitores do mundo”

Mais ou menos na hora em que eu postava ontem, o Christian enviava pra mim a mesma foto, porém acompanhada de uma de suas inspiradíssimas versões, “O meu guru”:

“Olhaí, ai o meu guru, olhaí/ Olhaí/ É o meu guru/ Ele chega/Chega no Maraca/Camisa do Mengo/ Traz também o neto pra comemorar/ Outra vitória do Fla sobre o Bota/ Eu não tenho nem jeito de explicar/ O guru na galera/ Acho que tá rindo/ Acho que tá lindo na torcida Fla/ Bem que ele um dia me disse/ Ele um dia me disse que ia pra lá/ Olhaí/Olhaí/ Olhaí, ai o meu guru, olhaí/Olhaí/ É o meu guru”

Saudações rubronegras!

Christian Obina Morais

Helê

Resgates

Abril 29, 2008

Da série ´papos que viram post’

– A terapia tem me ajudado muito a resgatar uns “tesões” esquecidos – carnaval, ir ao Maracá, praia -, umas coisas que o casamento e suas conseqüentes negociações fazem a gente esquecer, reprimir, sublimar. Mas, veja, também não dá pra botar tudo na conta dos outros, muito menos se ozôtro em questão é alguém que a gente ama e família que a gente se esforça pra construir. A gente sabe ser bem relapsa consigo mesma. E os gostares passam por fases mais ou menos intensas. A rigor, é a vida mesmo e seu ritmo às vezes descompassado que nos faz esquecer o que nos faz feliz. Quando a gente lembra é tão bom….

Helê

%d bloggers like this: