O segredo do sucesso

Uma amiga perguntou, para um grupo de outras amigas, “qual o segredo do sucesso de um casamento?”
Depende, né. Do que você considera sucesso, é claro.
Eu acho que um casamento (ou qualquer relacionamento) é bem sucedido enquanto funciona para os dois. Quando a gente se relaciona com alguém por muito tempo, sendo casados ou não, acaba assumindo “papéis”.

(Por exemplo: a mulher que faz tudo, que ocupa todos os espaços, que resolve todos os pepinos + o marido acomodado, que quer tudo a tempo e a hora, que não se coça e ainda reclama. OU: a dondoca que só quer saber de compras, que não lava um copo porque a empregada tá aí pra isso, que passa o dia no salão e no xópim + o marido provedor, durão, que adora ter uma mulher linda e fútil para exibir por aí. São estereótipos, é claro, mas o fato é que a gente vai assumindo um papel, com o tempo, seja ele qual for.)

Quanto mais o tempo passa, mais arraigados vão ficando esses “padrões” do relacionamento, e mais difícil é romper com eles.

Para mim, o “segredo do sucesso” (se é que existe isso) é a gente perceber que não quer mais ficar presa naquele estereótipo – que, não se engane, a gente mesma ajudou a criar e colaborou imensamente para reforçar – e tentar sair dele de uma maneira “negociada”, dentro do possível. Aí é que entra a verdadeira dureza da vida a dois, porque negociar mudanças, ainda mais quanto a relação está muito consolidada, não é nada fácil. Mas às vezes dá certo. É claro que, no processo, haverá perdas e danos, porque, como diz o ditado, não dá pra fazer a omelete sem quebrar os ovos. Mas muitos casais que eu conheço passaram por processos como esse e se reinventaram. É um trabalho constante, mas, mesmo assim, possível.

Em outros casos, a mudança transforma aquele par num não-par. Como se costuma dizer: cada um mudou para um lado, e aí só resta o desencontro. Nesse caso, a saída mais honrosa, na minha opinião, é se dar conta disso e perceber que foi bom enquanto durou.

Às vezes ficamos tomados pelo momento e não enxergamos que a mudança irá provocar resultados lá na frente, e que, bons ou ruins, vamos conseguir lidar com eles e transformar o que quer que aconteça em parte da nossa história.

Monix, em momento Não Dois, Não Um

6 Respostas

  1. li uma vez no mothern (e hoje laura me socorreu com a frase e a autoria – nervocalm) que ” A vida é uma busca inútil por alguém que compartilhe seus entusiasmos.”
    a autora estava falando de um filme, mas casamento é mais ou menos isso – todos os dias.
    nao sei como é que pode dar certo.

    beijos

    Gostar

  2. O post ficou perfeito, nêga. De grudar na porta da geladeira imaginária.
    beijos

    Gostar

  3. Negociar a mudança pode ser possível quando os dois de fato concordam em que é necessário que haja uma mudança.

    Dureza é quando um quer mudar, porque está infeliz naquele papel ou porque acha que pode ser mais feliz em outro, e o outro, comodamente, quer que tudo fique como está.

    Na maioria das vezes, nesses casos, o único jeito é se mudar. Sozinha.

    bjos

    Gostar

  4. Não tenho condições de comentar sobre isso nesse momento. Ainda não.
    Mas é isso aí, concordo com tudo.

    Gostar

  5. hahahaha… bom esse seu momento hein?

    Gostar

  6. Nossa, Monix, perfeito esse texto. É preciso muita força pra adentrar nessa ‘negociação de mudança’. A maioria não tem coragem nem de começar, quanto mais terminar com sucesso. Por isso vemos tantas separações, cada dia mais.
    beijo

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: