Melhores do ano

Janeiro
Carro novo – Há tempos eu queria trocar de carro, mas não é coisa que possa ser feita se não for “no tranco” – sempre tenho outras prioridades, em geral viajar. Mas no final de 2007 botei na ponta do lápis e vi que estava gastando por mês em oficina o equivalente à prestação de um carro popular (dando uma entrada que somou o meu carro antigo mais uma parcela não desprezível em dinheiro). Não me arrependi – meu carrinho novo é todo básico, mas não me deu (ainda) nenhum aborrecimento.
No cinema: A Vida dos Outros

Fevereiro
Desperate Housewives – É, eu sei que cheguei bastante atrasada, mas antes tarde que mais tarde ainda… O humor negro das situações apresentadas nesta elogiadíssima série fizeram totalmente minha cabeça. Assisti a primeira temporada em DVD e não consegui largar até terminar (perdi algumas noites de sono por causa disso).
Também no DVD: EntreatosAn Evening with Kevin Smith 2: Evening Harder
No cinema: Cloverfield

Março
Tiradentes
Demorou – eu já tinha planejado outras vezes, sem sucesso -, mas finalmente consegui conhecer uma das mais bacanas cidades históricas mineiras (e não são poucas). Além de ficar encantada pela beleza da cidade, foi uma delícia encontrar amigas queridas, curtir a amizade dos nossos filhotes, aproveitar um fim de semana com meu pai, meu filho e meu sobrinho: coisas simples da vida me aprazem.

Abril
Manderlay – Lars von Trier sempre me agrada. A continuação de Dogville foi particularmente inteligente.
No museu: Exposição Darwin Brasil
No cinema: Estômago
Livro: Eu Sou Charlotte Simmons, de Tom Wolfe
Restaurante: Le Pré Catelan

Maio
Galeria do Rock – Indescritível. Vá a São Paulo e veja com seus próprios olhos. (De quebra, o prédio é bacanérrimo.)
Quadrinhos: Persépolis
No cinema: Zona do Crime
Na internet: Novo Duas Fridas
Livro: Amsterdã, de Ian McEwan

Junho
Hulk – Como eu já disse antes, tenho uma quedinha por heróis, especialmente aqueles que me permitem interpretações simbólicas. O Hulk é uma metáfora perfeita da raiva, e de como precisamos aprender a controlá-la – de outra forma, ela pode ser bastante destrutiva.
No DVD: House; Roma (2ª temporada)

Julho
No cinema: Wall-E, Dot.com e Personal Che – Não poderia haver três filmes mais diferentes – o primeiro, uma bela alegoria futurista travestida de desenho infantil; o segundo, um filme português divertido e crítico, que além de tudo isso ainda mostra paisagens incríveis de uma aldeia à beira-rio; o último, um documentário que conseguiu tratar de maneira criativa um tema pra lá de gasto.
Na cidade: Feira de São Cristóvão – Para almoçar com as crianças numa tarde de férias, a pedida ideal: vazia, toda decorada para o São João, comida boa e farta, doces bem brasileiros, sem o calor do verão.

Agosto
No teatro: A Noviça Rebelde
Livro: Água para Elefantes
Restaurante: Mr. Lam
No cinema: U2 3D

Setembro
Ensaio sobre a Cegueira – Tinha lido o livro alguns meses antes, e ao terminar fiquei me perguntando como seria possível transpor  o brilhantismo de Saramago para a tela do cinema. Fernando Meirelles conseguiu fazer isso de maneira extremamente competente – e, de certa forma, surpreendente.
No DVD: Across the Universe
No cinema: Mamma Mia!

Outubro
Minúsculos Assassinatos e Alguns Copos de Leite – O tão esperado livro da Fal é um sucesso – e não apenas porque ela é uma querida que todos amamos. O romance é bem escrito, é poético, é bonito, prende do início ao fim. Para coroar a história, o lançamento na livraria Prefácio foi uma das noites mais emocionantes do ano.
No mundo: Praga, Portugal

Novembro
Onde Vais, Isabel? – Em Portugal, me indicaram este livro da Maria Helena Ventura, sobre a vida da rainha santa Isabel. Escrito de maneira quase medieval ( só lendo para entender), mostra, além de uma versão muito interessante para o ‘milagre das rosas‘, a história da acolhida aos Templários em Portugal, pelo rei Dom Dinis, e sua transformação na Ordem dos Cavaleiros de Cristo. Um belo romance sobre a pouco conhecida (por nós brasileiros), porém interessantíssima, História de Portugal.
No cinema: Vicky Cristina Barcelona

Dezembro
Wii Fit – Um videogame que parece mágica transformou minha sala em academia e minha pessoa sedentária em uma potencial malhadora. Resultados a conferir.
Morro da Conceição É um lugar inacreditável. Quem passa na Praça Mauá, ali pros lados da rua Sacadura Cabral, simplesmente não faz idéia do encanto que se esconde lá em cima. Em dia de procissão, parece uma viagem no tempo.
Outras coisas: Roberto Carlos em Ritmo de Aventura e o show do Lafayette e os Tremendões no Claro Cine; Formatura da escolinha; o jogo Carcassone; e o show do João Penca e seus Miquinhos Amestrados no Circo Voador

Melhores de 2007

Melhores de 2006

-Monix-

%d bloggers like this: