Zé Rodrix

Há algum tempo eu queria postar aqui essa canção bela e sábia do Zé Rodrix. Desde meados do ano passado, quando  li “O conto da ilha desconhecida”, do Saramago, uma pequenina pérola, a música volta e meia surgia na lembrança. Quis o destino, esse sátiro (como diz meu Rei), que eu aproveitasse  a ocasião da morte do compositor pra enfim postá-la. Ainda assim, acho que vale a pena. Para lembrar uma música antiga e meio esquecida dele. Mesmo deixando a casa do campo e indo aportar numa ensolarada ilha deserta, Zé mantém intacta a poesia e um delicioso jeito hippie de falar de felicidade.

ilha deserta

zé rodrix

Composição: Zé Rodrix

A gente precisa de pouca coisa
Pra viver feliz e sossegado
Um barco à vela, um fogão de lenha
E uma cama limpa pra deitar quando se está cansado
Todo mundo nesse mundo
Preferia estar despreocupado
Falando pouco e pensando muito
Com uma pessoinha legal deitada do seu lado
Numa ilha deserta
Onde o vento só ventasse de vez em quando
Numa ilha, numa ilha deserta
Simplesmente vivendo, e sonhando
Mas se ilhas do mundo já tem dono
E você não entende bem porque
Separe tudo que lhe faz falta
E guarde bem guardado numa ilha dentro de você

Disponível no Dufas Dial.

Helê

Anúncios

Ai ai ai ai

Duas Fridas

%d bloggers like this: