Até eu

Tenho um profundo orgulho do eclestimo musical que herdei do meu pai. Junte-se a ele a minha inquieta curiosidade – que me faz baixar músicas desconhecidas por causa de um título ou intérprete (e por outras tantas e  obscuras razãoes) – e então vocês entenderão porque o meu ipod é, como o futebol, uma caixinha de surpresas.

Mas ontem de manhã, até mesmo eu achei engraçado quando, antes da 7 da manhã eu ouvi em sequência “Cantigas de São Cosme e São Damião”, com Dona Edith do prato e,  “Let me try again”, com Frank Sinatra. Só no meu ipod isso  seria possível.

Helê

%d bloggers like this: