Inveja

Nenhum orgulho em confessar, muito pelo contrário. Mas é fato: eu simplesmente não consigo ver programas de viagem. Nenhum. Os de mulé-modelo-gostosa que vai pra lugar paradisíaco então, nem pensar (era especialidade do Sportv) . Mas mesmo os mais bacanas como “O Brasil é aqui”, que tinha no GNT;  e despojados como o “Vai pra onde?” , do Multishow, eu fico igual a sua vó, incomodada. Vejo um episódio, um trecho e largo de mão.  Depois de muito matutar descobri o motivo : a mais pura e genuína inveja. Pronto, falei.com.br.

 

Helê

Anúncios

6 Respostas

  1. Eu já sou o contrário: adoro programa de viagem. Justamente pela inveja. Fico tentada a prometer pra mim mesma: um dia eu ainda vou pra lá, etc.

    …Mas desde que seja no estilo mais despojado, tipo o “Vai pra onde?”. Aqueles programas do discovery travel & living, que só fazem propaganda de hotel e serviços de luxo, eu acho MUITO chatos.

    Esses eu tb nunca tive saco de ver quando tinha esses canais, parecia uma propaganda longa. O ‘Vai pra onde?’ eu comecei a olhar cheia de preconceito por causa do cara e me rendi, ele é ótimo, bobagem minha. Mas mesmo assim só vejo um pouquinho, a inveja é mais forte.
    Helê

    Gostar

  2. Aí dá para me mandar a arte. Eu quero fazer um adesivo… e por no meu carro. Eu tenho o mesmo sentimento aqui mesmo morando na Áustria pertinho de Viena. Nuunnnnnca até agora sobrou um dinheiro para viajar por aqui o máximo que fui foi até Bratislava e para melhorar meu, agora marido, detesta viajar. Eu quero ir a Munique, Praga, Warsaw. e eles só no nooo nooo nooo. Para ir a Lisboa eu aproveitei um atraso de voo que me paralisou lá por 10 horas.Mas isso eu consigo superar.
    O que eu não consigo ver é programa de automóveis que aqui tem um monte. Não só dos tipos esportivos. Que passa uns gostosões mas também aqueles que ensinam a comprar carro. To aqui a dois anos e não consegui ainda ser aprovada na prova de direção fiz duas vezes. Mas a os examinadores austríacos não me aprovam, e eu continua a pé… Tendo carteira de motorista brasileira a pelo menos 22 anos. Isso sim me dá inveja. E continuo com uma bicicleta velha da minha sogra, unha de fome, que não deixou o filho comprar uma descente para mim. E eu fazendo compras de bicicleta que freia no pedal esquerdo quando giro para trás. Pronto, Falei!… é Helô, blog também é terapia.

    Por Helô entenda-se Helê, é isso mesmo? 🙂 E por Lechner entenda-se Moura agora casada, né? ;-D Parabéns, viu, Gisele; felicidades.
    Obrigada pelo testemunho: eu sempre desconfiei dos poderes terapêuticos do blogue …
    Abração,
    Helê

    Gostar

  3. E elas ainda ganham para isso. Realmente é uma sacanagem, mas o dica é boa, passaporte em dia e rezar pra que a grana e o tempo apareçam.
    bjs.

    Gostar

  4. acho que acesso esse site com frequência, principalmente em se falando de ny.

    Gostar

  5. Mais uma sensação comum entre nós.
    Já viu um programa apresentado pelo tal de Álvaro Garnero?
    Caraca, cada lugar incrível e o sacana tá lá todo fim de semana
    A inveja é uma …….
    bjs.

    Gostar

  6. O primeiro passo é tirar o passaporte e deixar prontinho na melhor gaveta, esperando a oportunidade – que, aliás, nunca se sabe quando vai aparecer. Uma coisa que todo mundo tem que ter, mesmo quem nem está pensando em viajar pra lugar nenhum, é o passaporte em dia. Beijos, Monix

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: