Eu oriento o carnaval

Como é que eu podia deixar quicando essa bola e perder a deixa? Mesmo sem confete ou serpentina à vista, tendo outras tantas coisas a dizer e nenhuma que se encaixe nesse título, não podia perder a oportunidade dessa tabelinha com mi sócia, não é mesmo? E pareceu-me uma divisão bastante adequada às nossas aptidões e perfis :-). Então ficamos combinados assim, ela organiza o movimento, eu oriento o carnaval e saiamos todos à rua para admirar a lua cheia branca inteira que desde ontem brilha solta na amplidão, ok?

Helê,  cujo coração se cansa, mas não desiste

Anúncios

Eu organizo o movimento

Tudo indica que vem aí mais uma semana de prorrogação das férias das escolas particulares, a reboque da decisão do governo estadual.

É claro que eu entendo a posição dos donos de escola. Imagino o tamanho da responsabilidade, já pensou se uma ou mais crianças contraem a tal da gripe?

Mesmo assim, estou pensando seriamente em convocar uma passeata de mães trabalhadoras, na avenida Rio Branco, pela volta às aulas JÁ! Vamos botar máscaras e luvas na criançada! Chega de férias em casa, férias com chuva, férias sem viagem, férias com os pais trabalhando!  Basta de tédio infantil, pelo fim dos telefonemas no meio da tarde, queremos nossa rotina de volta! À luta, companheiras! O povo unido jamais será vencido.

-Monix-

(Apesar do tom irreverente do post, o dia de hoje está sendo de profundo pesar pela notícia da morte do Gabriel no Malauí.)
%d bloggers like this: