Fisionomia & fantasia

eusouosol Falando em carnaval… dia desses, no coquetel de lançamento do livro que revisei (sim, é um autojabá), fui reapresentada a uma pessoa que havia conhecido no carnaval,  mais precisamente no bloco Boitatá, no Paço Imperial (ali mesmo, onde a dona Isabel assinou a parada).

Pois a pessoa, namorada de um amigo, gente boa e educadíssima, pediu enfáticas desculpas por não se lembrar de mim. Prontamente tratei de tranquilizá-la; afinal eu estava, digamos, diferente naquele dia. Minha fantasia chamava-se “Eu sou o sol”, pra vocês terem uma idéia.  Mas ela insistiu nas desculpas: “Não, mas eu sou uma boa fisionomista, me desculpe mesmo.”  Tá bom, tá desculpada, mas olha a foto e diz aí se o esquecimento dela não está justificado…

Helê

Anúncios
%d bloggers like this: