Tarantino

Finalmente fui ver o mais novo Tarantino, aquele cujo título ganhou uma tradução muito mais legal em Portugal.

Eu sou fã do Tarantino, não é de hoje.  Mas com este “Bastardos Inglórios” acredito que ele se superou e fez um filme que verdadeiramente cria algo novo para o cinema: sem poder me explicar muito, para não estragar surpresas, posso dizer que desta vez ele levou às últimas consequências a arte de brincar com os conceitos de ficção/realidade.

E ainda acrescentou mais um item à minhas lista de Melhores Frases Finais de Todos os Tempos:

“Acho que esta é minha obra-prima.”

Eu também acho.

-Monix-

%d bloggers like this: