Herança tricolor

Antes que este blogue rubronegre de vez, deixa eu dar meu testemunho tricolor aqui e honrar as três cores que traduzem tradição.

O Fluminense é uma herança familiar. Meu avô materno torcia para o Fluminense, mas pouco convivi com ele – morreu quando eu tinha cinco anos de idade. Meu pai é tricolor tipo rodrigueano, “o Fluminense existe desde antes do início dos tempos” ou coisa que o valha.  A partir dele, criou-se uma linhagem de torcedores que já chegou à terceira geração: os netos.

Eu mesma não ligo muito para futebol, mas para mim o Fluminense não é apenas meu time – é um destino, uma sina, uma predestinação.

Meu filho ainda não foi mordido pelo bichinho do futebol, que mais cedo ou mais tarde acaba pegando todos os meninos brasileiros. Mas já se reconhece como parte dessa “dinastia” e torce pelo clube das Laranjeiras, sim senhor. E acima de tudo, já sabe contra quem é preciso torcer: ‘mãe, eu não quero nem sair de casa enquanto durarem essas comemorações pelo hexa do Flamengo. É impossível o Flamengo ser mais campeão que o Brasil, mãe!’

Resta torcer para a seleção tirar o atraso em 2010. E tentar explicar que, como dizia Nelson Rodrigues, o Fluminense é o melhor time de todos. E se os fatos dizem o contrário, pior para os fatos. O videotape é burro e nós não gostamos dos idiotas da objetividade.

-Monix-

Anúncios

6 Respostas

  1. Finalmente um post de outra cor, ufa! Vc sabe que eu me identifico totalmente com a sua história, pra mim tbm não é escolha, é destino, predestinação, a única herança que meu pai me deixou, e como negá-la? O mais engraçado é constatar que a paixão pula uma geração e volta com força total, pq enquanto eu me contento em perguntar o resultado dos jogos 3 dias depois, e torço pra qualquer time carioca, (contanto que não seja o Vasco, mas aí já é demais!), a Calú é totalmente fanática, e tbm sofre do anti-flamenguismo doente, o que tem gerado muitas brigas apaixonadas aqui em casa…

    Gostar

  2. Eu gostei mesmo foi desse verbo, rubronegrescer. Obrigada, Monix, por conjugá-lo e apresentá-lo pra mim. ;-D
    Besos, Helê

    Gostar

  3. Eu adoro futebol, mas ao contrário da esmagadora maioria, não consigo torcer para a seleção brasileira. Escolhi torcer para a argentina. Vai entender.

    Meu time do coração, da alma, de tudo? O Fluminense. Flu-mi-nen-se (bonito, né?). E por ele, a vida inteira eu vou cantar.

    Beijos tricolores

    Gostar

  4. Bom, meus meninos não foram mordidos pelo bichinho do futebol…
    E vc sabe que minha família tinha tudo pra ser uma dinastia tricolor também, mas eu acabei evoluindo (hahahaha) e saindo como ovelha rubro-negra.
    Bjks pro vitor!

    Gostar

  5. fazer o quê, né? o q impressiona é o fanatismo da sua irmã e cunhado, hahahaha

    Gostar

Deixe uma Resposta para Ida Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: