Sem direção

Estava dirigindo, na Praia do Flamengo, e bateu um sono tão forte que me deixou desorientada. Não conseguia mudar de pista, e em determinado momento cheguei a ficar meio confusa, sem saber se estava ainda no Flamengo ou se já tinha entrado na Praia de Botafogo. Fiquei com medo de não conseguir chegar em casa, e tentei encontrar um lugar para encostar o carro e simplesmente fechar os olhos. Aí fiz um esforço para mantê-los abertos… e descobri que estava de olhos fechados. Na minha cama. Ufa.

Tal como Martinho da Vila, sonhei que estava sonhando um sonho sonhado.

-Monix-

%d bloggers like this: