Flashes do niver

Pra quem foi, foi bom demais, já cantou Gonzaguinha.Recuerdos de nossa festeeenha – com participações especiais, convidados e convidadas belíssimos e nosotras bem contentas.

Comentários, lá ou aqui, são sempre muitíssimo bem-vindos!

As Duas Fridas

Dura Lex ou a Menina e a Lei

Deve ser a idade, não sei, mas o fato é que minha filha acredita na força da lei. Com tamanha certeza que fiquei surpresa, imaginando de onde veio tamanha crença. Em duas ocasiões recentes o respeito ao código penal manifestou-se:

Cena 1:

Na rua, vemos uma pessoa recolhendo o cocô do cachorro. Comentamos a boa ação, e ela observa que a prática tornou-se frequente. Donde deduziu:

– Deve ter virado lei, mamãe.

– Não minha filha, não virou.

– Claro que virou lei, mãe, só pode!

*

Cena 2:

Vendo as modelos desfilando nas féxions uiquis da vida, seriíssimas, todas fazendo carão, ela pergunta, intrigada:

– Mãe, elas não podem rir não? É proibido? É contra a lei?

Helê

%d bloggers like this: