It happens

(Everyday people)

O genial neste cartoon é que ela não deixa de apreciar a própria ‘specialness‘ – mesmo que, às vezes,  ela não seja validada pelo outro. Autoestima é isso aí.

Quando crescer quero ser assim.

Helê

2 Respostas

  1. Me too!!! E o pior: eu “ainda” muito dependente do elogio. Tofu, minha amiga! Hehehehehehehe!
    Beijãozão!!!

    E eu, rânei, mas a gente chega lá – nessa encadernação ou na próxima, hahaha!
    Beijo!

    Gostar

  2. Não sei se é possível deixar de querer. Mas não crio expectativas, não. Nem tendo a esperar mais do que as pessoas podem dar. Mas a gente vai ficando cética demais, né? Um perigo, isso… ou uma tristeza, sei lá…

    Bjs.
    Dani

    Cética e, em certa medida, cínica. Ai ai.
    Beijo!
    H.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: