The love you take

Volta e meia a gente promove aqui o Dia do Leitor Anônimo ou uma outra artimanha qualquer para gerar pegadas na nossa casinha (= comentários no blogue) e conhecer um pouco mais sobre quem nos lê. A gente gostaria mesmo é de fazer um FormSpring ao contário, no qual pudéssemos perguntar sobre nossos leitores discretos e leitoras tímidas. Nos contorcemos de curiosidade tanto pelo pontinho do mapa que indica um acesso em Angola quanto pelo que marca Três Passos/RS. Será que foi engano, vem sempre, alguém trouxe?

 

E aí dia desses lembramos de ir no e-mail institucional (fica engraçado dito assim, né?), que tem pouco movimento. E que agradabilíssima surpresa foi encontrar esse recadinho já um tanto empoeirado, mas  tão bacana que não dava pra guardar só pra gente:

Meu nome é Gabriela e leio, de vez em quando, o blog de vocês (de vez em quando, porque o tempo é curto e não dá para fazer tudo o que a gente quer).
Não lembro-me se já deixei algum comentário. Talvez sim.
Uma vez vi a Helê na feira da Lavradio (há uns poucos meses), mas não falei nada porque ela estava num papo animado e fiquei constrangida de interromper.
Dito isso, vamos ao fato: estou enviando uma foto que fiz em Roma (moro na Itália), quando passeava pelo ex-gueto judeu. Vi uma loja que se chamava Casa de Frida e havia uma foto. Na hora lembrei de vocês. Não entrei na loja, porque estava fechada para almoço, mas creio que seja especializada em coisas mexicanas.
Então é isso. A foto não está nenhuma maravilha, pois havia um espaço exíguo no qual me enfiei para realizar “a grande obra”.
Um abraço para as duas.
Gab
Ler esse e-mail foi como receber um abraço; a foto, uma lembrança que  alguém traz de uma viagem. Um gostosa sensação de aconchego e carinho, estabelecida graças aos pitacos e delírios que a gente anota aqui, despretensiosamente. Pretensão, se há, é de comunicar:  estabelecer um link com outras pessoas, trocar ideias e comparar pitacos – e se divertir, claro, sempre. A  diminuição de comentários (ou a diluição deles alhures) às vezes dá a impressão de que a gente tá falando uma para outra (vantagem de escrever em dupla: a gente nunca fala sozinha). E então aparece a Gaby, contando que nos lê lá da Itália – nem sempre, ela afirma, mas o suficiente para, passeando por Roma, não apenas lembrar de nós como enviar um regalo. Sorriso duplo carpado de nosostras. :-D :-D

Então, Gaby, receba agora em público e em alto e bom som o nosso comovido muito obrigada – pela lembrança, pela leitura, pelo carinho. Aproveitamos para dizer aos leitores que nós também gostamos muito do que vocês escrevem, portanto, não economizem nas pegadas, manifestem-se sempre que sentirem um leve impulso. E se encontrarem conosco ao vivo e em 3D também vale a pena se apresentar, mesmo que a gente esteja num papo animado – vai que o papo fica mais animado ainda?

Duas Fridas

9 Respostas

  1. […] “Essas são as Duas Fridas que eu leio sempre e tal”. E eu, eufórica, dizia pra Monix: “Deu certo, deu certo!” Corri e pedi pro Príncipe registrar o momento, porque aqui é assim, nós é que corremos pra […]

    Gostar

  2. Gei, pois saiba que nós também nos divertimos ainda mais na caminhada depois daquele momento-celebridade! Adoramos! Quanto à foto, depois me toquei que você não tinha tirado com sua câmera (se é que estava com uma…), mas tenho certeza que se você pedir com jeitinho a Helê manda pra você… ;-)
    Beijos e volte sempre!

    Gostar

  3. Meninas,

    Adorei encontrá-las em Copacabana. O fã clube das Duas Fridas é enorme e, ao darem a senha, a gente se manifesta mesmo. Pena que fiquei tão tímida que não tirei uma foto também! Adoro o blog, leio desde sempre. Vocês me inspiram, dâo aquela força quando o dia está pesado de trabalho, não raro, um texto vem ao encontro exato do que sinto. Gosto de pensar que temos muito em comum: fiz jornalismo na Pucc em Campinas, tenho uma filhota de 12 anos, moro no RJ há 08 , tô na casa dos trinta, quase na crise dos 40 (rs).
    Pronto, acho que agora me apresentei direitinho…

    Um grande beijo para as duas!

    PS: o maridão as lê de vez em quando e se divertiu muito com meu surto de fã. A caminhada de ontem ficou mais alegre ao vê-las.

    Gostar

  4. Pôxa, meninas…que delicadeza transformar em post o meu “presentinho”.
    Acho que a minha intuição me engana muito poucas vezes, inclusive no que tange o chamado “mundo virtual”.
    Gosto muito de ler os bons textos que escrevem, gosto do humor, do tom sempre positivo e aberto.
    Acho que o que (e como) se escreve é sempre revelador e esse gesto tão simpático de vocês só confirma o que eu já sabia: vocês são duas fôfas.
    Queria só repetir, mais uma vez, que, se não leio o blog sempre, é só e exclusivamente porque não consigo esticar o tempo como gostaria. Mas estou sempre aqui e agora não poderei mais me furtar de deixar algum comentário e, se vir a Helê na feirinha de novo, juro que vou interromper a conversa e dizer: olha, foi você que pediu isso…rsss.
    Obrigada pela gentileza. Parabéns pelo blog e por serem assim gentis.
    Beijos
    Gaby

    Gostar

  5. Salve simpatia!

    é o que me veio à cabeça com o email e a declaração de amor de vcs.

    bjos

    Salve, Moniquinha!
    Era essa mesmo a intenção, nos declarar para Gaby e para vcs, leitores.
    Helê

    Gostar

  6. Eu leio sempre, comento quase sempre e acho as Duas Fodonas. Isto é elogio, hein!
    Maravilhoso esse post!
    Bjs

    Gracias, Dudu, vc já é fregues de caderninho, hohoho.
    Beijo enomis,
    H.

    Gostar

  7. Eu leio sempre, nem sempre comento, mas vocês sabem que sou fã declarada das duas! Adorei a luminária de … camaleão?

    Lindíssima, né, Ju?
    E nós tb somos fãs da sua coragem e luta, você sabe, né?
    Beijo grande!
    Helê

    Gostar

  8. Que delícia de presente. Aliás, essa loja deve ser o máximo. Adorei o quadro e a luminária.

    Beijo grande pra vc, Fer, leitora de primeira hora, amiga de muitas outras!
    Helê

    Gostar

  9. …vir deixar pegadinhas de amor para vocês duas. :*)

    Beijinhos, Fridas amadas!

    Uêba!\o/
    Obrigada, Alê, nós adoramos, suas pegadas sempre deixam a casa perfumada e com o maior astral.
    Beijo grande,
    Helê

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: