A Fal e o fim do Biscoito

Quando soube que o Idelber ia fechar o Biscoito, eu achei que tinha que fazer alguma coisa – protestar, queimar sutiã (ooii?!), mandar carta pro jornal, escrever um post (de todas as opções, a que possivelmente causaria menores danos). Afinal, é um marco, o fim de uma era ou qualquer coisa assim. Porque ele é, como acuradamente denominou a Fal, o Master Idelber, uma referência na blogosfera e fora dela – sabe que eu já citei o Biscoito Fino e a Massa numa entrevista de emprego? Mesmo não tendo conseguido a vaga, tenho certeza que a menção contou a meu favor.

Pois hoje quando o Claudio Luiz me mostrou o texto da Fal eu pensei “era isso que eu gostaria de ter dito.” Porque ela, mesmo compartilhando passagens extremamente pessoais, foi capaz, com o brilhantismo de sempre, de expressar a nossa relação com o blogue e seu autor. Não fosse ela, de uma maneira absolutamente diferente, mas igualmente importante e singularmente saborosa, também Master dessa bodega que ela ajudou a criar e consolidar e que ele chama de blogolândia.

Então leia a Ode ao Biscoito, mesmo que você nunca tenha dado nem uma mordidinha nele. Vale a pela pelo texto primoroso da Fal e pela homenagem ao Idelber, que com o Biscoito estabeleceu uma importante estação nesse universo paralelo no qual orbitamos. Mantendo a disciplina e a inquietação, deixa o posto para cuidar de outros afazeres e prazeres, corajoso e determinado que é. Eu lamento,  temo perder o contato, sinto não poder correr pra saber “o que o Idelber pensa disso”. Mas se tem uma coisa que maturidade ensina – nem que seja na porrada – é que a gente deve torcer para ver feliz quem a gente  gosta, mesmo que as escolhas nos afastem.

Beijo,  Fal, obrigada pelo texto e fica firme aí, heim? Alguém tem que fazer o trabalho sujo, hahahahaha! Pelo menos até a Nave-mãe chegar.

Beijo, Idelber; dá notícias, viu?

Helê

Anúncios

Assine o Dufas

Acho que nunca falamos sobre essa funcionalidade do uordiprez, eu mesma só prestei atenção dia desses: você pode acompanhar nossos escritos assinando o Dufas. Assim: em qualquer post você clica em  “Deixar um comentário”. Então, abaixo da caixa  de comentários você tem duas opções,  ser notificado de outros comentários para aquele post ou se quer ser avisado sempre que houver um novo post no blogue.

Marcando a segunda opção, você recebe um e-mail bem simpático cada vez que postamos. E ainda é possível configurar a entrega – se imediatamente, uma vez ao dia ou semanalmente. E você também pode cancelar a qualquer momento, claro.

E ainda tem uma coisa importantíssima pra nós: você pode fazer o que nós mais gostamos, deixar pegadas \o/ ! No fim do e-mail há um link para comentar  o post.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Para quem ainda não sabe: nós enviamos, muito eventualmente, um e-mail, o Jabámail do Dufas, que faz um brevíssimo resumo dos últimos posts, com os respectivos linques. A periodicidade é deve em quando, algo como um a cada dois meses. Caso você queria receber, deixe um comentário aqui ou avise pelo nosso e-mail duasfridas@gmail.com– aquele que a gente demora, mas responde.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

E já que estamos nas questões administrativas: os comentários estão em 3.487, o que significa que há uma Mariola Dufas em jogo para quem fizer o 3500º comentário.  O motivo que você esperava para comentar, não é? 😀

Helê

Já sabe qual é o meu?

Agora com uma nova opção 🙂 .

Helê

%d bloggers like this: