A Fal e o fim do Biscoito

Quando soube que o Idelber ia fechar o Biscoito, eu achei que tinha que fazer alguma coisa – protestar, queimar sutiã (ooii?!), mandar carta pro jornal, escrever um post (de todas as opções, a que possivelmente causaria menores danos). Afinal, é um marco, o fim de uma era ou qualquer coisa assim. Porque ele é, como acuradamente denominou a Fal, o Master Idelber, uma referência na blogosfera e fora dela – sabe que eu já citei o Biscoito Fino e a Massa numa entrevista de emprego? Mesmo não tendo conseguido a vaga, tenho certeza que a menção contou a meu favor.

Pois hoje quando o Claudio Luiz me mostrou o texto da Fal eu pensei “era isso que eu gostaria de ter dito.” Porque ela, mesmo compartilhando passagens extremamente pessoais, foi capaz, com o brilhantismo de sempre, de expressar a nossa relação com o blogue e seu autor. Não fosse ela, de uma maneira absolutamente diferente, mas igualmente importante e singularmente saborosa, também Master dessa bodega que ela ajudou a criar e consolidar e que ele chama de blogolândia.

Então leia a Ode ao Biscoito, mesmo que você nunca tenha dado nem uma mordidinha nele. Vale a pela pelo texto primoroso da Fal e pela homenagem ao Idelber, que com o Biscoito estabeleceu uma importante estação nesse universo paralelo no qual orbitamos. Mantendo a disciplina e a inquietação, deixa o posto para cuidar de outros afazeres e prazeres, corajoso e determinado que é. Eu lamento,  temo perder o contato, sinto não poder correr pra saber “o que o Idelber pensa disso”. Mas se tem uma coisa que maturidade ensina – nem que seja na porrada – é que a gente deve torcer para ver feliz quem a gente  gosta, mesmo que as escolhas nos afastem.

Beijo,  Fal, obrigada pelo texto e fica firme aí, heim? Alguém tem que fazer o trabalho sujo, hahahahaha! Pelo menos até a Nave-mãe chegar.

Beijo, Idelber; dá notícias, viu?

Helê

3 Respostas

  1. quiz dizer… “estava perdendo o fechamento/fim do blog”

    viu? estou meio atordoada ainda :)

    Entendo, querida, é uma notícia que desorienta mesmo :-(
    Beijo procê,
    Helê

    Gostar

  2. Helê,
    obrigada pelo post, tá perdendo o fechamento do blog do Idelber e a ode da Fal, linda… fui ali tomar um chá pro fígado, porque ainda não desceu.
    beijos!

    Gostar

  3. Helê, ninguém na Nave Mãe atende meus telefonemas, ninguém quer me levar pra casa, não tenho mesmo pronde ir, a verdade é essa. Te amo. E me acho a coisa MAIS PHINAAAA da face da Terra quando apareço no Fridas.

    Hahahahaha, é até engraçado, eu quase caio da cadeira qdo vejo que a Fal comentou e ela se acha phina porque foi citada!
    Já te disse, vem pro Rio de Janeiro, para o Alto e avante, perto de mim, do Pedrão e no único lugar no Rio com clima do jeito que cê gosta :-D
    Te lovo também, vc sabe.
    Agora bora costurar essa seda que a gente rasgou e preparar as fantasias pro ano que vem!
    Beijo,
    Helê

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: