Quando o filme é melhor que o livro

Um amigo me propôs o desafio: quais filmes são melhores que os livros em que se basearam? O contrário acontece com frequência e há inúmeros exemplos. Para começar a brincadeira, ele citou Morte em Veneza (livro de Thomas Mann, filme de Luchino Visconti) e O Poderoso Chefão (livro de Mario Puzo, filme de Francis Ford Coppola). No primeiro caso li o livro – na verdade tentei, mas abandonei antes de terminar* -, no segundo vi o filme; portanto, não tenho como comparar.

Assim de bate-pronto lembrei de O Passado (livro de Alan Pauls, filme de Hector Babenco). O filme, embora extremamente denso e perturbador, é bastante bom. Pouco tempo depois de assisti-lo, uma amiga se hospedou na minha casa e deixou o exemplar dela para que eu lesse, dizendo que tinha tentado e não conseguia passar da metade. Não que o livro não seja bom – sem dúvida o é -, mas esse efeito disturbing é muito exacerbado e de fato tornou impossível, também para mim, concluir sua leitura.

O segundo exemplo de que me lembrei é, na verdade, um desenho animado: Alice no País das Maravilhas, a versão da Disney. Os fãs de Lewis Carrol devem (e podem) me condenar pela heresia, mas calma. É claro que o livro é uma obra-prima, mas acho que o desenho – justamente pelo fato de ser uma fantasia em animação – consegue dar vida à psicodelia de Alice de uma forma que jamais a literatura poderá realizar.

Mais tarde, namorado apresentou sua contribuição: A Identidade Bourne (livro de Robert Ludlum, filme de Doug Lyman). Segundo ele, o livro padece de um defeito que ele considera irritante em livros de ação: a personagem feminina é totalmente inverossímil, fraca, estereotipada. O que é uma pena, pois um dos pontos fortes do(s) filme(s) é justamente a personagem Marie.

Agora me contem, quais seriam suas contribuições a esta lista?

-Monix-

Update: Lembrei de um caso emblemático: O Curioso Caso de Benjamin Button, o filme de David Fincher, leva o conto de Scott Fitzgerald muito além, e acrescenta à história uma dose de lirismo e encantamento que o original não carrega em si. Deve ser um talento especial do diretor, pois acho que talvez A Rede Social seja melhor que o livro em que se baseou, Bilionários por Acaso.

* Tenho uma vergonhosa lista de clássicos abandonados no meio: além de Morte em Veneza, não consegui terminar a leitura de Mrs. Dalloway, O Velho e o Mar, O Grande Gatsby, Viagens de Gulliver e provavelmente alguns outros que já nem lembro mais. Pronto, falei.
Anúncios

14 Respostas

  1. A Insustentável Leveza do Ser: acho o filme complementar ao livro. Quando li, não consegui materializar o ambiente na cabeça, os sentimentos/pensamentos dos personagens eram muito mais presentes. Não sei se me fiz entender. O Poderoso Chefão, sem dúvida: o livro é uma bomba.

    Gostar

  2. […] Como costuma acontecer, é um filme que não faz justiça ao livro em que se inspirou. […]

    Gostar

  3. Menos euridata…mas ja que estavamos juntas qdo comprei o livro, lembrei do facebook

    Gostar

  4. Talvez seguindo a linha da Vera…
    Ensina-me a Viver
    Morrer de Amor – com a Annie Girardot. Só por ter falado deles recentemente.

    Gostar

  5. ah, e também, é claro, discordo sobre alice. não gosto nem do desenho nem do filme de tim burton.

    eu sou péssima em me lembrar dessas coisas. um dia desses eu estava falando exatamente de um filme assim, que gostei mais que o livro, mas quem disse que eu me lembro? hahaha.

    Gostar

  6. Achei o filme “Ensaio sobre a cegueira”, melhor que o livro do Saramago.
    Mas de forma geral sempre me decepciono com os filmes, se já tiver lido o livro em que foi baseado.

    Gostar

  7. Oi Monix !

    O final do filme As.pontes de Madson é mais emocionante que o final do livro.
    E o filme O príncipe das marés também não me decepcionou.Pode até não ser melhor mas é tão bom quanto.

    Beijos pro Vítor

    Gostar

  8. só pra discordar veementemente do namorado (seu). acho a marie do filme uma chata e gosto bem mais dos livros que dos filmes. Na verdade o filme não é o livro. Depois que você aceita só a vaga referẽncia, abstrai, e para de fazer comparações aí é possível gostar dos filmes. Talvez por isso eu goste mais dos dois últimos, no primeiro eu tinha uma expectativa em relação aos livros. E acho a marie do livro bem mais interessante, mas é, sem dúvida um livro machista, escrito na década de 70. Não só isso, anticomunista, antiterrorista, paranoico. Merecia uma releitura, mas nesse aspecto, o da mulher, a releitura foi péssimo, tirou tudo que a personagem tinha de interessante e manteve exatamente o estereótipo.

    Gostar

  9. A INSUSTENTÁVEL LEVEZA DO SER, filme, se não é melhor que o livro, lhe dá a cara perfeita. beijos

    Gostar

  10. Olá,
    O Menino do Pijama Listrado é o melhor exemplo de filme melhor que o livro. O filme é ótimo, forte, emocionante. Aí fui ler o livro e me decepcionei bastante.

    Um abraço

    Gostar

  11. O Grande Gataby eu também não terminei, deve ser um dos casos de filme melhor do que livro… Mas o Velho e o Mar achei sensacional! Dá uma segunda chance a Hemingway… Vai!

    Gostar

  12. Laranja mecânica. Já mudei e desmudei essa opinião várias vezes, mas nesse momento acho que o filme é melhor que o livro.

    Gostar

  13. Fahrenheit 451, gostei mais do filme de Truffaut que do livro, embora o livro seja muito bom. Até me senti um tantinho culpada pois o livro trata justamente de uma sociedade que queima livros. Só que aí lembrei da parte em que ele fala que não é o livro em si, mas a ideia do livro.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: