TPM – modus operandi

Se eu fosse mais prendada nos audiovisuau, faria um daqueles vídeo no escuro, com minha voz distorcida e legenda, dando meu depoimento “Eu fui vítima da TPM semana passada.” Porque, vejam, a pessoa sofre um ataque – ou fica atacada, depende. Varia muito, cada uma tem a sua. A minha eu já percebi qual é o modus operandi: sorrateira,  se instala sem muito alarde. A irregularidade dificulta a identificação rápida: pode passar meses sem aparecer, até que eu quase me esqueça dela,  ficando, assim, mais vulnerável.  E sua principal característica  é que ela nunca age sozinha: a meliante vai arregimentando medos, carências, inseguranças, frustrações, cada um em seus postos mas todo mundo unido para fazer você se sentir a mais infeliz das criaturas. Aí quando você se dá conta, está rosnado pro mundo, babando na gola  e chorando baldes.

Na verdade, ela é a mais oportunista das vilãs porque só faz reunir os malfeitores para te atormentar a vida. Mas, repare: eles já estavam lá.  Ela não cria nada, só agrupa e intensifica. Manter a vida mais ou menos em ordem, as sessões de terapia em dia, doses regulares de apoio e carinho, uma atitude positiva e  disposta são ações saudáveis e preventivas. Como não é possível acabar com as pertubações da vida, cabe ao menos mantê-las monitoradas para não ampliarem o poder de destruição. Quanto à TPM em si, ela tem um ponto fraco: porque age insuflando outros facínoras, sem armas próprias, perde a força quando desmarcarada. Para mim , logo de depois de checar o calendário e pensar “Acho que …”, pronto, já rola um alívio.

Por isso, ainda e sempre, vale o mantra/canção:  “tudo é uma questão de manter a mente quieta, a espinha ereta e o coração tranquilo”.  Ou, se preferir, o alerta de Caetano : “É preciso estar atento e forte”.  Escolha, de acordo com a sua.

Helê

Anúncios

2 Respostas

  1. isso tudo e mais um reforço aqui que tem ajudado: óleo de primula. fica a dica )

    Já tinha ouvido falar na prímula, Sam. Vou te escrever pra saber detalhes. Muchas gracias!
    Beijoca,
    Helê

    Gostar

  2. Prímula? Anotei.
    Beijo, Helê.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: