Capricha no make-up

Minha adolescência coincidiu com o auge da era new-wave, quando usávamos gel no cabelo (com glitter, e muito), sombras nos olhos em degradê, muito blush roxo e batons cintilantes.

Talvez por isso, depois de adulta adotei o visual cara-lavada como norma. Até ingressar no mundo corporativo, em 2002, não usava nem esmalte nas unhas. Fazia manicure uma vez ao ano, para passar o Natal e o Reveillón com as mãos bonitinhas. Passava um corretivo para disfarçar as olheiras, que sempre foram profundas, e um batonzinho que se esvanecia em duas horas. E só.

Até que, há algumas semanas, fui a um casamento muito chique e badalado e precisei dar uma caprichada no visual. Mas, como não acho que maquiagem seja uma coisa assim tão importante, me recusei a pagar uma conta de três dígitos no salão. Por sorte minha amiga brasiliense Nessa estava no Rio e se prontificou a me ajudar. Convidei Helê e – voilà! – estava orquestrada uma sessão de maquiagem, penteado, produção e fofocas.

A Nessa me ensinou alguns truques básicos, e outras coisas eu fui lembrando da época da maquiagem new-wave-degradê-de-roxo-com-lilás. Ainda consigo passar o lápis tanto na parte interna da pálpebra inferior quanto na parte externa da pálpebra superior, sem borrar. A Helê é muito melhor que eu nesse quesito, mas eu não chego a dar vexame. Aprendi (mais ou menos) a passar o rímel sem deixar preto o nariz ou a parte de cima das bochechas (por causa da piscada de olho, quando fica com excesso). A Nessa me explicou que tenho que passar primeiro a base, para uniformizar o tom da pele, e depois o corretivo, que dessa forma fica mais disfarçado.

O resultado ficou do jeito que eu queria – discreto, mas valorizando os traços do meu rosto.

Aí aconteceu uma coisa que eu não estava prevendo: viciei. E então a pessoa dorminhoca e cuja manhã já é suficientemente corrida precisou incluir 10 a 15 minutos a mais nas rotinas matinais para poder sair de casa maquiada. Para qualquer lugar. Seja o trabalho de todos os dias ou uma festinha infantil, M.A.C. é meu pastor e nada me faltará.

-Monix-

8 Respostas

  1. Isso, isso. Dou o maiorrapoio. Cara lavada é coisa que só fica bem pras meninas de 20 anos. A gente bem tira proveito de uma “disfarçadinha”.

    Gostar

  2. Ah, pois então. Começa assim, daqui a pouco você não sai de casa sem esfumar a sombra nos cantos.
    Porque, né. A gente só não está ficando mais nova.

    Gostar

  3. Eu, pouco original, também quero fotos!

    Gostar

  4. Ahahaha…. eu sempre adorei make. Mas fazia pra ficar com cara de cara lavada. Só de um tempo pra cá é q deixo verem. Mesmo assim,nem sempre. Comprei o baton nude da Contem 1g, lindo. Aí vc pinta o olho e…
    Mas sempre sempre sempre fui viciada nisso. Na minha casa (mãe, avó etc) não tem essa de chinelão. Neguinho é chique paca. Pra dormir sozinho. Minha mãe usa pijama de cetim. Minha avó já acordava arrumada. Vestida de branco (quase sempre a blusa era), sapato, cabelo escovado. Nunca vi malamanhada.Isso pega….

    Gostar

    • Minha família é assim também, Renata. E eu também uso pijama de cetim pra dormir sozinha, hahaha
      Mas esse hábito de andar maquiada eu realmente não tinha “herdado”, só depois de véia é que resolvi aderir (talvez por isso mesmo…)
      Bjs

      Gostar

  5. Uaaaaau. Q emoción aparecer no Dufas assim! E que orgulho saber que Dona Monix agora é uma pessoa que acorda mais cedo pra se maquiar.

    :)

    Gostar

  6. fiquei lembrando da sombra degradê dos anos 80, céus, pq eu sabia fazer isso com 12 anos e só consigo passar rimel transparente sem borrar? :) Só quero ver até quando vai durar seu novo vício, rsrsrs!

    Gostar

  7. O povo quer saber: e a foto do antes e depois?

    : P

    beijos, garotas

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: