Dia 8 – Filme Cebola (mais triste de todos)

 

Saí do cinema chorando. Atravessei o jardim do Palácio do Catete chorando. Quando entrei no ônibus, ainda estava chorando. É um filme triste, mas também um filme excelente sob todos os pontos de vista, dirigido por um dos meus diretores favoritos: Lars von Trier. Tem toda uma questão técnica (filmagem digital, uso de múltiplas câmeras e recursos de montagem, etc), e também, é claro, houve a polêmica sobre o massacre psicológico promovido pelo diretor sobre o elenco, especialmente a protagonista Björk. À parte tudo isso, é uma história forte, e muito bem contada.

 

-Monix-

Anúncios

5 Respostas

  1. NAO ACREDITO, MONIX! EU PODERIA ter escrito o começo: saí do cinema chorando. atravessei o corredor chorando. quando cheguei ao carro ainda estava chorando. e uma necessidade de falar para as pessoas com quem encontrei (tinha ido ao cinema sozinha) que aquela história era linda, uma vontade de me atracar com alguém e chorar mais e mais.
    agora, quanto ao filme, parafraseio tom jobim: o filme é uma merda, mas é ótimo!
    beijos

    Gostar

  2. Depois desse filme passei a ter uma raiva completamente irracional do David Morse, ator que interpreta o vilão(na falta de uma palavra “pior”). E ele tem cara de uma pessoa boa, mas não consigo olhar para ele e não lembrar do personagem e de tudo que se passa nesse filme.
    Me sinto uma dona de casa daquelas que agride a/o atriz/ator que interpreta a vilã(o) da novela na rua, sei que é “mentirinha”, mas fiquei tão ofendido pela atrocidade que ele comete, que deu “tilt” no meu lado racional, fiquei odiando eternamente o cara! >:-|

    Gostar

  3. Gente, eu também! Fui ao cinema sozinha ver este filme, e saí abaladíssima! E o pior, lembro que foi uma sessão no início da tarde, num lindo dia de verão, então saí do cinema estava um dia esplendoroso de céu azul e o meu estado de espírito não poderia estar mais discrepante do que aquela paisagem. Este filme é uma porrada muito grande, acho que não tenho vontade de rever.

    Gostar

  4. Eu não vi no cinema. Vi acompanhada e chorei horrores. e foi pior. Pq olhava pra cara do então namorado e ele aos prantos (ele ja tinha visto o filme no cinema) e eu chorava mais e mais. Agora, sei lá. É tão triste, tão triste, que não tive coragem de ver uma segunda vez e não sei se teria. Sai com ódio profundo da humanidade. Não foi uma boa sensação…

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: