Aquele Abraço, Rio!

Celebrando o aniversário dessa senhora de 447 anos , outros ângulos da cidade:

Avenida Presidente Vargas, sentido zona norte, com o relógio da Central à direita

(Skyscrapercity)
Panorâmica de Bangu, zona oeste do Rio
(Foto de Ricardo Barradas)
A antiga fábrica de tecidos (da canção Três Apitos, de Noel Rosa) em Vila Isabel, zona norte
(Skyscrapercity)
Cordovil, subúrbio (“Lá não tem claro-escuro/A luz é dura/A chapa é quente”  – Subúrbio, Chico Buarque)
(Skyscrapercity)

Oswaldo Cruz (“Casas sem cor/Ruas de pó, cidade/Que não se pinta/Que é sem vaidade” CB)

(Skyscrapercity)
Inspirada pela garbosa amiga Tati Duarte, suburbana como eu, Parasita de primeira geração, carioca apaixonada como todos .
Helê
Anúncios

4 Respostas

  1. Que lindo, que lindo, que lindo!

    Gostar

  2. Adoro Subúrbio!

    Gostar

  3. Ai que orgulho, ser citada em tão nobre e inteligente blog. Viva o subúrbio carioca!

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: