São Sebastião, padroeiro: salve!

"São Sebastião", serigrafia, 1997, Glauco Rodrigues.

“São Sebastião”, serigrafia, 1997, Glauco Rodrigues.

“São Sebastião, proteja essa cidade linda e seu povo que, mesmo sofrido, tem uma alegria genuína!
Infundi em nós a energia necessária para que cuidemos bem de nossa terra e o discernimento e a inteligência suficientes para escolher vereadores e prefeitos que não maltratem e vilipendiem ainda mais esses quase 7 milhões de pessoas!
O senhor é guerreiro e há de nos proteger nas batalhas cotidianas!
Livrai-nos desta guerra contra pretos e pobres, e que todos possamos seguir a vocação à felicidade!
Amém!”

Oração da pastora Lucia Helena Almeida, carioca de raiz, flor e frutos, com quem eu vivo encontrando na mui leal e heróica cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro. Quase sempre da maneira mais carioca possível: na rua, no samba, sem combinação,  com muita alegria e alguma cerveja. Ninguém mais habilitado para dizer uma reza para nosso padroeiro, nossa cidade, por todos nós.

Helê

%d bloggers like this: