C.T.

4f9f7b3a5cb712edefeac42aec851093

 

Somos da época dos blogues de várzea, dos blogues de raiz, dos blogues que eram blogues antes de ser modinha. Do tempo que o wireless tinha fio.
Somos aquelas que para certas pessoas preferíamos não contar que éramos “blogueiras”, porque provavelmente seríamos consideradas diferentonas.
De repente ter blogue virou outra coisa, e as pessoas perguntavam “seu blogue é sobre o quê?”, e ficávamos meio sem resposta porque não sabíamos que blogue tinha que ter tema. Aí descobrimos que tínhamos um blogue Seinfeld, um blogue sobre nada.
Aí veio o Twitter com seus 140 caracteres, e veio o Facebook, com seus 900 amigos, e de repente ter blogue virou uma coisa meio renitente, meio teimosa, quase vintage.
Agora dizem que os blogues vão renascer. E uma galera bacana, a turma do fundão daquela época boa em que blogues eram coisa de gente diferentona que escrevia sobre nada, se reuniu pra assumir que a gente gosta mesmo é de textão. Call me old fashioned, I don’t care.
Hoje é o lançamento da Central do Textão, um lugar pra reunir esse povo de muitas palavras, do qual nós temos a honra de fazer parte, provavelmente por uma distração de alguém. Agora é tarde, vão ter que nos aturar, porque já puxamos nossas cadeiras, sentamos à mesa e pedimos a primeira rodada. Saúde e vida longa à Central do Textão! Hic!

Las Dos Fridas

4 Respostas

  1. eu sou essa, cheguei depois, sem ser convidada e sentei em cima do engradado pra não deixar de participar da festa.

    Ah, Lu, não precisa de convite, a gente tem ímã pra gente bacana feito você.😉
    Beijoca,
    Helê

    Liked by 1 person

  2. Oba!!!!! Já reconheci vááááários da turma do fundão e vou adorar acompanhar essa bagunça! Adorei a notícia. Bj

    Então, senta, Sabrina, e fica à vontade, tá?😀
    Obrigada pela visita e pelo comentário.
    Aquele Abraço,
    Helê

    Liked by 1 person

  3. Obrigado pelos elogios, demorei seeeeeeeculos para achar o nome🙂
    Estamos aí! ;-*

    Imagina, Marcelo. Obrigada pela visita e volte sempre – a casa é nossa.
    Aquele Abraço,
    Helê

    Liked by 1 person

  4. Conheci o Duas Fridas muuuuito tempo depois desses tempos áureos. O bom é que pude ler tudo de uma vez, feito um livro. 😃

    Ah, e houve uma vez q vi a Helê na rua e achei q tava vendo alguém da TV. Levei um tempo pra me tocar q era a moça da foto do blog. Hihihi


    Hahahaha, Juliana, obrigada pela gargalhada alcançada!
    Se acontecer de novo – e pode acontecer, que esse Rio de Janeiro é uma alcaparra – é favor vir falar comigo, pra eu me sentir famosa, hahaha! Mentira, não é pra isso não, é porque a última que fez isso virou uma grande amiga, vaique?
    Obrigada pelo comentário, volte sempre!
    Beijo, Helê

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: