Desculpas

Nos tempos que correm, em que o tribunal da internet funciona célere e sem direito a recurso ou habeas corpus, com pessoas sendo “canceladas” (como se fossem um evento), e em que  o anonimato dá coragem momentânea a covardes permanentes, é preciso ter cuidado com o que se diz on ou off line. Estamos todos mais beligerantes, e também muito apressados e sobrecarregados, o que cria um ambiente propício à proliferação de mal-entendidos, juízos apressados e, claro, erros.

Por isso considero que tão ou mais importante que o cuidado com o discurso, a atenção no momento de pedir desculpas – pessoas físicas e jurídicas; usuários, influenciadores e marcas. Primeiro porque sua chance de errar ao fazer um post (ou simplesmente abrir a boca) é de pelo menos 50%. Mais cedo ou mais tarde você pode ofender, aborrecer ou incomodar alguém na praça pública que é a internet, com seus coretos diversos (twitter, facebook, etc). E depois porque um pedido de desculpas genérico, vago ou falso é feito roupa transparente: revela mais do que cobre; potencializa o erro ao invés de amenizá-lo.

Na minha cartilha as regras são duas e claras (como diria o Arnaldo)

  1. é sobre você ter errado, o foco são as suas desculpas

  2. seja breve: quanto mais você fala, menos convincente é

Explicando um pouco mais: muitos pedidos de desculpas tropeçam ao colocar em dúvida a ofensa – “desculpas se ofendi…” Irmão, se você não tem certeza se vacilou ou não, tá pedindo desculpas por que? Outro falha clássica é transferir o foco ( e, de maneira subliminar, a culpa) para o outro: “não entenderam”, “fui mal interpretado”. Novamente, se o problema é do outro, não cabe a você se desculpar, certo? Ou você não está realmente arrependido?

Sobre a regra 2, trata-se de uma questão de estilo que aprendi com o tempo. Ainda que você seja do tipo prolixo, sua desculpa deve ser objetiva, direta e curta, se possível condensada numa sentença. Se não for, provavelmente você está infringindo a regra 1.

Eu só me lembro de um caso, nos últimos anos, de um pedido de desculpas que desconsidera a segunda regra mas consegue enfatizar tremendamente a primeira; parece-me completamente sincero. Foi feito pelo fotógrafo An Le, responsável pela fotografia e pela edição da imagem em que o cabelo da atriz Lupita Nyong’o foi alterado na capa de uma revista. Em suas redes sociais, a atriz se disse decepcionada pela edição que apagou parte de seu cabelo “para se adequar a uma noção mais eurocêntrica do que é bonito”. An Le divulgou uma nota afirmando: “um erro monumental que fiz e gostaria de aproveitar para pedir desculpas a Nyong’o e a todos os outros que ofendi. Embora não fosse minha intenção ferir ninguém, posso ver agora que alterar a imagem de seu cabelo foi um ato incrivelmente prejudicial e doloroso. Não nasceu do ódio mas de sua própria ignorância e insensibilidade com o constante descaso com as mulheres negras em diferentes plataformas midiáticas.” (matéria sobre o caso, que aconteceu em 2017,  no Huffington Post)

Um raro exemplo de eloquente autocrítica. Na dúvida, fique com as duas regrinhas. 

Helê 

2 Respostas

  1. Lindo, Hele! Amei demais😘😘

    Obrigada, querida. Tava nos rascunhos mentais há um tempão, e tinha um pedaço no twitter, que eu também uso como bloco de notas. 🤭Beijoca!
    Helê

    Liked by 1 person

  2. eu, que sou mais mal humorada que você, ainda achei over o “embora não fosse minha intenção ferir ninguém”. ué, se a intenção fosse ferir, ele não estaria pedindo desculpas, certo?
    over. tirando isso fica bem mais bonito.
    beijo.

    Não acho que é perfeito, Rê. Mas está anos-luz do que se costuma ler por aí.
    Beijoca e obrigada pelo comentário!😘
    H.

    Liked by 1 person

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: