Um alívio

Os leitores mais antigos aqui do blogue devem lembrar de um dos posts mais saborosos publicados aqui, no qual minha filha, então com seis anos de idade, expressou suas tendências feministas inatas. Foi durante a primeira posse de Barack Obama, e eu usei uma imagem para mostrar pra ela a importância do primeiro negro eleito presidente nos Estados Unidos.

Primeiro ela se espantou (“Só esse preto?”) e em seguida questionou: “e nenhuma mulher?!”

Corta para sábado passado, eu e a moça de quase 18 anos (!) comemorando Kamala Harris eleita vice-presidente.

Imagem
“A primeira mas não a última”

Os lacradores de plantão já estão levantando a lista de decisões condenáveis da ex- procuradora da Califórnia, junto com os iluminados que se esforçam em advertir que Joe Biden não é socialista (really?!). Eu só quero me permitir um minuto de alívio nesse ano implacável e celebrar sim, a ascensão de uma mulher preta a um posto de tamanha visibilidade. Porque representatividade não é tudo, mas importa à beça.

Entendedores entenderão

E, tão ou mais importante, vamos saudar também a derrota da deselegância, da brutalidade, do racismo, da xenofobia e do machismo predador representados pelo atual presidente. Both of them.

Helê

3 Respostas

  1. […] em casa George Floyd Heisenberg Infarto; In the middle of a pandemic? John Lewis. Kobe Bryant, Kamala Harris Lewis Hamilton Maradona, Moraes Moreira, Micróbio do crlho Narciso maduro Os franceses […]

    Gostar

  2. Também fiquei chocada, mal conheci a moça e comecei a comemorar, já apareceu a lista de motivos pelos quais não devemos.gostar dela. Argh! Não gente, ninguém tem ilusões, estamos apenas celebrando o freio do retrocesso, e a ascensão de pessoas com as quais podemos.discordar sem odiar, pq tem valores básicos mais próximos dos nossos. E sim, ter essa mulher no topo faz diferença pra cacete!

    Discordar sem odiar – vamos aprender, galere?
    Disse tudo, Dedear.
    Beijoca,
    H.

    Gostar

  3. Se me permite acrescentar outras coisas à sua lista, Helê: derrota do descaso com o meio-ambiente, do deboche e da mentira. Também me causa espanto que venham falar do quanto Biden é pouco disposto a ser um “bom parceiro” para o Brasil. Como se os EUA fossem bons parceiros de alguém, né mesmo? Temos que comemorar sim! E ter esperanças de que essa onda de bom-senso se espalhe para os lados de cá!

    Imagina, não apenas permito como incentivo, Cláudia! Sim, meio ambiente e ciência voltarem à pauta como a relevância que possuem é um avanço a comemorar sim!
    Beijoca, obrigada!
    Helê

    Liked by 1 person

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: