Karma is a bitch

Hoje eu descobri que o Fridinho gosta de Careless Whisper, música-símbolo de uma das poucas coisas que eu detesto no rádio e que contei nesse post aqui.

Alguém melece, como diria o próprio há anos atrás.

***

O engraçado é que nessa mesma conversa mais uma vez tivemos uma percepção que volta e meia nos atinge: temos relações totalmente diferentes com a música. Eu prefiro ouvir músicas em ordem aleatória ou nas playlists que o Spotify prepara com base nos meus gostos. Ele gosta de preparar as playlists cuidadosamente, em geral com um conceito, e as escuta repetidas vezes. Depois muda.

Aí ele entra no meu quarto quando estou com o Spotify ligado (opa, será que o Spotify é “ligado”? Acho que não hahaha) e pergunta: que música é essa? Eu respondo “não sei” e ele fica profundamente espantado. Daí se lembra, como uma constatação meio patética: “ah é, você é do tempo do rádio“.

É, sou mesmo, inclusive por isso eu de-tes-to essa baladinha melosa que gruda na rádio cabeça (aposto que você está pensando naquele solo de sax super brega – desculpaê).

-Monix-

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: