Aqui estamos, no nos vamos

A semi retrospectiva de la Otra me lembrou desse clipe, que foi uma das coisas mais impactantes e bacanas que vi este ano. Pensei em postar várias vezes, sozinho ou como parte de um post falando de outras coisas mas acabei não fazendo. E essa obra de arte que merece e precisa ser vista pelo maior número de pessoas possível. Sobretudo porque fala da América Latina e de nós como latino-americanos, essa identidade que desprezamos mas que nos identifica irremediavelmente, como fica evidente no vídeo.

A esta altura já não lembro mais como esbarrei no clipe, já que sofro da mesma alienação que critico e sei muito pouco sobre a produção cultural dos nossos vizinhos. Mas por sorte esse me alcançou e foi uma leve obsessão por alguns dias. A Eva Uviedo, já não bastasse desenhar divinamente, escreveu muito bem sobre o que vemos na tela; há fios no tuíter e vídeos no YouTube que também buscam desvelar as imagens e suas referências: são muitas, e é preciso um guia para perceber todas. Algumas cenas são bem fortes, é bom se que diga – mas todas justificadas dentro na narrativa muito bem costurada pelo rapper, que unifica nossas dores e tragédias.

Acho importante ressaltar o que Residente disse em entrevistas: ele não está propriamente contestando o clipe de This is America, de Childish Gambino (também excelente), mas estabelecendo com ele um diálogo, ao lembrar que América vai do Canadá à Terra do Fogo.

Você já tinha visto? O que achou?

Helê

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: