Flávia

Na madrugada de ontem, no Rio de Janeiro, Flávia Souza, uma jovem de 15 anos, moradora de rua, grávida (até aqui a frase já é triste, mas fica pior) foi queimada viva.

Avisem-nos da missa que o padre Marcelo rezará por ela, e da camiseta com sua foto.

Queremos ler a reportagem na Veja, ajudar a redigir a manchete da primeira página d’O Globo, assistir entrevista com prefeito e governador no Fantástico.

Nos chamem para a passeata e para acender uma vela pela Flávia.

Ou pra fazer qualquer outra coisa realmente útil. Para que a gente nunca mais tenha que ler uma notícia como essa.

Duas Fridas

 

 

 

Anúncios

Ontem, enquanto assistia ao circo de horrores que foi a cobertura da prisão preventiva dos acusados do assassinato, não pude deixar de pensar: A Montanha dos Sete Abutres é logo ali, em Guarulhos.

Tupinicópolis, como sempre, uns 50 anos atrasada, para o bem ou para o mal.

-Monix-

%d bloggers like this: