Milagre de Natal

Ao contrário do que vinha acontecendo, digamos… na última década, este ano até estou animada para o Natal. Fiz uma decoração discreta e simpática em casa, já estou começando a entrar no clima de retrospectiva 2012/perspectivas 2013 e nem estou mudando de calçada quando aparece uma guirlanda.

O motivo para isso é muito simples, e ao mesmo tempo complicadíssimo: este ano, graças a uma ideia brilhante do meu irmão (não é o da carteira, é outro) minha família não irá trocar presentes. Nem amigo oculto vamos fazer. Só para as crianças serão presentadas, e é claro que isso é problema do Papai Noel, e não nosso. 😉

Resolvi tudo em 20 minutos no Submarino e pronto. Não vou entrar em lojas lotadas, não vou ficar na fila do estacionamento do  shopping, não vou precisar fazer uma lista com nomes e presentes comprados (apenas para ir acrescentando novos nomes e ficar agoniada com a quantidade de campos em branco aumentando). Este ano, o Natal é só alegria. Graças ao gênio do meu irmão, (quase) todas as obrigações chatas foram eliminadas, e vamos apenas usufruir da companhia uns dos outros, como deve ser.

Crianças, tentem fazer isso em casa.

-Monix-

 

 

%d bloggers like this: