Abecedário 2021

Na boa tradição dufista de “antes tarde que mais tarde ainda”, segue a minha restrospectaica (ou algo assim), antes que o Dia de Reis encerre o ciclo de transição para o Ano Bom. É só o que desejo, um ano bom pra todos nós.

And just like that. B3 e Baile de favela. Covid: sobrevivi. Doses: 3 – and counting; Distanciamento Social.

Enfermeira Mônica, a primeira imagem da esperança; Evergreen . Fiftinah e Fadinha. GregNews.

Home office. Investimentos. JujUFF. Klink, Tamara. Lula, evidentemente.

Medo e Delírio em Brasília, marcapasso, Max Peterson; Netuno. O Tempo, Podcast Duas Fridas.

Quem mandou matar Marielle? Rebeca Andrade, Reunion de Friends. SUS, Saudades atlânticas.

Tóquio e Terapia: obrigada! Universitária (minha filha!). Viagem: preciso.

Xereca Olimpics. What a fuck, 2021? YouTube, meu canal de TV. Zé recuperado!

Helê

*revisado em 06/01

Advertisement

Abecedário 2018

Aprendi ontem com meu cientista favorito que o mês de Janeiro deve seu nome ao deus romano Janus, responsável pelas transições, passagens, mudanças, términos e começos. Por isso sua representação olha ao mesmo tempo para o passado e para o futuro. Então, sob as bençãos de Janus, faço aqui a retrospectiva do ano que terminou ontem, ainda buscando inspiração e força para viver com esperança o ano que começou hoje.

 Helê

%d bloggers like this: